Informa: Consultoria reduz estimativas para produção de soja e milho nos EUA

Publicado em 23/09/2010 14:54 e atualizado em 23/09/2010 17:08
699 exibições

A consultoria Informa Economics, dos Estados Unidos, reduziu suas previsões para as produções de milho e soja enquanto a colheita norte-americana avança.

A consultoria reduziu a safra de milho de 330,22milhões de toneladas (13 bilhões de bushels) estimado no início de setembro para 325,317 milhões de toneladas (12,8 bilhões de bushels). Para a soja, a estimativa é de 92,86 milhões de toneladas (3,412 bilhões de bushels). No início do mês, a Informa falava em 93,54 milhões de toneladas (3,437 bilhões de bushels).

Os resultados da recém iniciada colheita do milho tem sido decepcionantes e isso vem incentivando as especulações a cerca de uma produção menor do que o esperado.

Para a soja, os primeiros resultados da colheita têm sido fortes, mas, segundo a Informa reportou nesta quinta-feira, a consultoria reduziu sua estimativa para a área destinada à safra 2010 de soja.

Em sua previsão, a Informa também divulgou suas estimativas para o plantio das safras em 2011. A consultoria estimou o plantio de milho em 36,54 milhões de hectares (90,4 milhões de acres) e o da soja em31,32 milhões de hectares (77,4 milhões de acres). Para o trigo, a previsão é de 23,07 milhões de hectares (57 milhões de acres) e para o algodão 4,47 milhões de hectares (11,05 milhões de acres). 

Segundo o analista de mercado da Xp Agro, Ricardo Lorenzet, os números são bons para a soja e podem dar sustentação ao mercado no cenário macro já que confirmam a necessidade de preços firmes para incentivar o plantio nos EUA em meio a uma demanda firme e um risco climático significativo associado a safra sul-americana.

Quanto ao milho, "a estimativa de produção de milho esta dentro das expectativas, referindo-me em relação a safra velha". Porém, o boletim chamou a atenção no caso da soja, a redução na estimativa de área cultivada com a cultura na atual temporada, compensando as boas produtividades reportadas.

Com informações da Dow Jones

Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário