Milho: preços fecham em queda na CBOT com clima favorável nos EUA

Publicado em 27/09/2010 13:57 e atualizado em 27/09/2010 16:33
739 exibições
Os futuros do milho e do trigo operaram pressionados na sessão diurna nesta segunda-feira e encerraram no vermelho. O clima mais seco nos EUA, principalmente no meio oeste que favorece a colheita no país e especulações de demanda mais fraca para os grãos nos Estados Unidos impactaram negativamente no mercado.

Para o trigo, as contínuas declarações da Rússia de que o país possui estoques suficientes e poderão retomar suas importações ainda antes do final do ano também influenciaram a queda nos preços. 

O clima seco nas próximas duas semanas irá melhorar as condições de umidade do solo beneficiando o trabalho dos maquinários agrícolas nos campos norte-americanos. As informações são da Storm Weather LLC. Até o último dia 19, as colheitas do milho e da soja já estavam adiantadas e com índices acima da média dos últimos cinco anos, segundo o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

De acordo com o analista de mercado Ricardo Lorenzet, da XP Agro, além das condições climáticas, há a demanda mais fraca para o milho, o que gera entre os negociadores um temor de que os estoques trimestrais possam vir acima do esperado no relatório que será divulgado pelo USDA na próxima quinta-feira, dia 30. Para a soja, esta preocupação não existe porque a demanda está forte e também foi muito forte, disse Lorenzet.

"As condições climáticas para a colheita se mostram quase perfeitas para as próximas duas semanas e isso significa um grande volume de soja e milho chegando ao mercado. O mercado espera para ver melhores rendimentos", disse Gary Rhea, presidente da Risk Management Partners, em Des Moines, Iowa.

>> Veja como ficaram as cotações do MILHO

>> Veja como ficaram as cotações do TRIGO
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário