Clima seco poderá retardar o plantio de soja, diz Céleres Consultoria

Publicado em 01/10/2010 10:24 e atualizado em 01/10/2010 12:39
856 exibições
O fenômeno "La Niña", que está inibindo a chuva na região central do país, deve atrasar o plantio de soja em pelo menos uma semana.

A previsão é da Céleres Consultoria, que aguarda a intensificação do plantio nas próximas semanas.

Em condições climáticas normais, os agricultores podem iniciar a semeadura a partir de 15 de setembro, segundo o analista Leonardo Menezes, da Céleres.

Apesar de atrasos pontuais, Menezes diz que não há motivo para alarde. Isso porque a melhor época para o plantio ainda está por vir.

Segundo Menezes, quando a soja é semeada na primeira semana de outubro, a produtividade é melhor. E a chegada desse período, com a ausência de chuvas, acende a luz amarela sobre o rendimento da safra 2010/11.

Modelos de previsão citados pela Céleres apontam produtividade média de 2,2 toneladas de soja por hectare nesta safra, o que representa queda de 12% em relação à anterior.

Para o plantio de soja, é necessário armazenamento de água no solo entre 60 e 90 milímetros. Segundo o analista, isso significa que seriam necessários três dias seguidos de chuva na maioria das regiões produtoras.

Mas o atraso no plantio não inibe as vendas antecipadas de soja, estimuladas pelos altos preços do grão no mercado internacional.

Segundo a CNA, 40% da safra de soja que ainda nem começou a ser plantada já foi comercializada.
Tags:
Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário