Soja transgênica brasileira deve chegar ao mercado em 2012

Publicado em 20/10/2010 17:09
372 exibições
A primeira semente de soja transgênica desenvolvida no Brasil deve chegar ao mercado em 2012. Uma parceria entre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), iniciativa privada e a Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem) vai possibilitar a comercialização.

A nova planta é tolerante a um defensivo específico, que promete combater as ervas daninhas que afetam a soja com apenas uma aplicação.

Há as vantagens não só na redução de ervas-daninhas, mas também redução no consumo de água, combustível, entrada de tratores. Quer dizer uma otimização também na fazenda nas operações do produtor explica o vice-presidente da Unidade de Proteção de Cultivos da multinacional alemã Basf, Maurício Russomano.

A pesquisa é uma parceria público-privada. A empresa de herbicidas criou o gene, resistente ao defensivo, e a Embrapa garantiu a inserção do material na cultura da soja. O trabalho durou 12 anos, com investimento de US$ 20 milhões.

A semente, desenvolvida pela Basf, promete boa adaptação ao solo e ao clima brasileiro. Atualmente, o mercado nacional de sementes de soja geneticamente modificada conta com a tecnologia de uma única empresa. A novidade será uma alternativa para o agricultor.

O produtor é que, dependendo da sua situação, da sua propriedade, tem que ter a livre escolha de ver com qual tecnologia ele vai ter o maior ganho diz o presidente da Embrapa, Pedro Arraes.

O objetivo do protocolo de intenções assinado em Brasília é fazer com que a inovação chegue ao campo.

O nosso papel, da Abrasen, é de multiplicar essa genética e colocar na mão do produtor. Evidentemente que renda é importante para o produtor e é isso que buscamos e isso que a tecnologia vai trazer defende o presidente da Abrasem, Narciso Barison Neto.
Tags:
Fonte: Canal Rural

Nenhum comentário