Com demanda chinesa aquecida e dólar fraco, soja encerra com forte alta o pregão desta segunda-feira em Chicago

Publicado em 26/10/2010 07:34 e atualizado em 26/10/2010 08:21
319 exibições
A forte demanda chinesa fez com que os preços da soja atingissem ontem o patamar mais elevado dos últimos 16 meses na bolsa de Chicago. Os contratos com vencimento em janeiro terminaram a segunda-feira cotados a US$ 12,30 por bushel, alta de 18,50 centavos. Segundo a Bloomberg, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) informou exportações de 232 mil toneladas de soja para a China. Com isso, o país asiático registrou volumes recordes de importação, no acumulado de janeiro a setembro, de 40,16 milhões de toneladas. Apenas em setembro foram importadas pelos chineses 512,8 mil toneladas ante as 7,26 mil de setembro do ano passado. Em Lucas do Rio Verde (MT), a saca foi negociada a R$ 42,00, alta de 3,7%, segundo o Imea.
Tags:
Fonte: Valor Econômico

Nenhum comentário