Soja: Corrida para plantar na melhor época em MS

Publicado em 27/10/2010 07:45
551 exibições
Período mais produtivo vai até a primeira semana de novembro e há previsão de chuva para o fim de semana.
Os produtores de soja de Mato Grosso do Sul estão plantando até as 22 horas nesta semana para aproveitar a melhor época de cultivo dentro da janela agroclimática. Eles têm perto de dois terços da área reservada à cultura semeados e, sob a previsão de novas chuvas, querem concluir a tarefa em duas semanas.

"Por enquanto, o clima vem ajudando. Estamos plantando na hora certa", disse o superintendente da cooperativa Copasul, Gervásio Mitanita. Já Parana, Santa Catarina e Rio Grande do Sul sofreram atraso no início do plantio por falta de chuva e, apesar de terem se recuperado, podem não atingir o potencial máximo de produtividade.

O risco de seca por causa do fenômeno La Nina preocupa menos os agricultores de MS do que os sulistas. "Em ano de La Niña forte, falta menos chuva por aqui do que durante uma La Nina media. E melhor para nos", afirma o produtor Everaldo Reis, que cultiva 870 hectares de soja.

"A soja plantada em terra boa passa ate 20 dias sem chuva e produz bem. Em áreas menos fortes ou com estiagem maior, temos quebra", afirma Nelson Antonini, que alcança 3,4 mil quilos por hectare e prevê quebra de até 10%.

O setor vem monitorando o clima e confrontando dados de consultorias especializadas, mas ainda não tem uma projeção consensual sobre os efeitos do clima nesta temporada. A soja domina a área de grãos no verão em MS. O milho, cultivado para silagem nesta época do ano, ganha espaço no inverno.

"A produção do estado vai depender do comportamento do clima em cada microrregião", afirma o agrônomo Marco de Oliveira, da Organização da Cooperativas Brasileiras (OCB), que acompanha a Expedição Safra. Nesta semana, estão sendo percorridos também Mato Grosso e São Paulo.
Tags:
Fonte: Gazeta do Povo

Nenhum comentário