Estoques finais de soja nos EUA são suficientes para somente 20 dias

Publicado em 09/11/2010 15:29 e atualizado em 11/11/2010 15:04
1855 exibições
Na manhã desta terça-feira, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou seu relatório mensal de de oferta e demanda reportando uma expressiva redução em seus estoques finais de soja.

De 7,212 milhões de toneladas, as reservas finais foram estimadas em 5,035 milhões de toneladas. A expectativa do mercado também era de recuo, entretanto, a aposta era em um volume bem maior do que o divulgado 6,532 milhões de toneladas.

De acordo com o analista de mercado da XP Agro, Ricardo Lorenzet, os estoques no patamar que estão são capazes de atender o consumo interno e externo norte-americano por apenas mais 20 dias.

Esse ajuste nos estoques, ainda de acordo com o analista, deve atuar como importante fator de suporte para os preços da oleaginosa, pois sinalizam a redução das reservas fruto do aumento das exportações, principalmente por parte dos chineses.

No relatório de hoje, as importações de soja para a China da safra 2010/11 tiveram um aumento de 55 para 57 milhões de toneladas.

Abaixo, segue um gráfico que mostra os estoques finais medidos em dias de consumo, onde calcula-se toda a demanda. Veja:


Clique aqui para ampliar!

Óleo - O relatório apontou também que a produção doméstica de óleo de soja na temporada 2010/11 foi mantida em  8,61 milhões de toneladas (18,980 bilhões de libras-peso).

Os estoques finais tiveram aumento de  1,07 milhão de toneladas (2,371 bilhões de libras-peso) para 1,20 milhão de toneladas ( 2,653 bilhões de libras-peso).

Farelo - A estimativa de produção doméstica da safra 2010/11 de farelo de soja foi praticamente mantida pelo USDA. O número ficou em 35,86 milhões de toneladas. As expectativas relacionadas aos estoques finais e ao consumo doméstico também foram mantidas pelo governo.

>> Veja como encerrou o mercado da SOJA
Tags:
Fonte: Redação NA

Nenhum comentário