Dow Jones estima redução nos estoques de soja e milho no relatório do USDA

Publicado em 10/01/2011 10:39 e atualizado em 10/01/2011 16:16 1541 exibições
A agência Dow Jones divulgou suas estimativas de produção e produtividade para o relatório que de oferta e demanda que será reportado pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) na quarta-feira, dia 12.

Para o milho, a produção estimada pela Dow Jones é de 317,28 milhões de toneladas, volume ligeiramente menor do que o estimado pelo USDA em dezembro - 318,53 milhões de toneladas. Em 2009, foram 318,53 milhões de toneladas.

Já para a soja, a agência estima 91,88 milhões de toneladas. O volume é maior do que os números do USDA para dezembro - 91,85 milhões de toneladas. No ano anterior, a produção foi estimada em 91,42 milhões de toneladas.

Sobre a produtividade, para o milho o esperado pela Dow Jones são 162,8 sacas por hectare (153,9 bushels/acre), rendimento menor do que o reportado pelo departamento norte-americano em dezembro - 163,3 sacas/ha.

Para a soja são esperadas 49,9 sacas por hectare, enquanto em dezembro o USDA falava em 49,77 sacas por hectare.

Quanto aos estoques finais, para o milho são estimadas 19,76 milhões de toneladas e para a soja 4,3 milhões de toneladas. Em dezembro, o USDA divulgou estoques em 21,13 milhões de toneladas para o milho e de 4,49 milhões de toneladas para a soja. 

Para o analista de mercado Ricardo Lorenzet, da XP Agro, sem maiores novidades, o relatório tende a confirmar o quadro de estoques ajustados nos Estados Unidos para os principais produtos agrícolas.

Por outro lado, como explica Lorenzet, o relatório pode apenas manter a tendência de realização de lucros vista na semana passada. 

Hoje, o mercado de grãos encerrou  o pregão noturno no campo positivo na Bolsa de Chicago, confirmando o bom cenário para os grãos. Os preços se recuperam na segunda-feira após as fortes perdas no final da semana, consequência da alta volatilidade que vem sendo anunciada pelos analistas.
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário