Colheita da soja atrasa o plantio do milho safrinha em Mato Grosso

Publicado em 04/03/2011 09:42 552 exibições
Trabalho de semear o grão está bem atrasado em relação ao ano passado. Federação de Agricultura de MT estima redução na área de milho safrinha.
Em Mato Grosso, o problema é com o milho safrinha. Muitos agricultores do norte do estado não conseguiram semear o grão na data estipulada porque a colheita da soja, que ocupava o campo, atrasou.

O agricultor Jetniel Klein pretende plantar 300 hectares de milho safrinha, só que o trabalho na propriedade que fica em Sinop, norte de Mato Grosso, está bem atrasado se comparado ao mesmo período no ano passado. “Começamos a plantar tarde a soja e atrasou o plantio do milho também. O ano passado, nessa época, já tínhamos plantado toda a área e esse ano não estamos nem na metade ainda”, disse.

O período considerado ideal para o plantio do milho safrinha com mais segurança em Mato Grosso já passou. Mesmo assim, muitos agricultores continuam o trabalho. Preferem arriscar na expectativa de que o clima colabore.

A Federação da Agricultura e Pecuária do estado de Mato Grosso recomenda que a semeadura seja encerrada até o dia 20 de fevereiro para garantir uma boa colheita. Depois desta data, a lavoura pode ser prejudicada pelo começo da seca. “A grande preocupação que fica é com relação ao plantio de milho, se for muito tardio, a seca pode pegar exatamente a época de enchimento de grãos e aí podemos ter uma quebra de safra”, explicou Seneri Paludo, diretor da Federação de Agricultura de Mato Grosso.

Por causa deste atraso, a Federação de Agricultura de Mato Grosso estima uma redução de 7% na área ocupada com milho safrinha no estado.

Tags:
Fonte:
Globo Rural

0 comentário