Com liquidação de fundos, soja tem forte recuo em Chicago

Publicado em 05/05/2011 11:54 e atualizado em 05/05/2011 14:58 1037 exibições
As liquidações de posições continuam assombrando as commodities nesta quinta-feira. Na Bolsa de Chicago, na abertura do pregão diurno, soja e milho já recuavam mais de 20 pontos nos principais vencimentos e o trigo mais de 15.

A falta de suporte no cenário fundamental acelera essa movimentação da macroeconomia que pesa sobre as cotações esta semana. Perdas registradas nos metais e a queda do petróleo colaboram para a baixa das commodities agrícolas.

Diante deste cenário, a aversão ao risco aumenta, levando os agentes para fora do mercado, provocando uma queda generalizada no setor. "Em dias de pânico como este, todos querem sair e a porta fica pequena. Hoje, o que se observa é de fato uma liquidação geral", explica Ricardo Lorenzet, especialista em mercado de grãos da XP Investimentos.

Pesando ainda mais sobre as cotações, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), divulgou nesta quinta-feira seu relatório de registro de exportações trazendo as vendas semanais de soja bem abaixo das expectativas. Os números confirmam o mau desempenho da demanda que vinha sendo alertado nos últimos dias.  

As exportações norte-americanas da oleaginosa somaram apenas 21,2 mil toneladas na semana que se encerrou no último dia 28, enquanto o mercado apostava em algo entre 150 mil e 250 mil toneladas.

Assim como a soja, as vendas semanais de milho também foram menores do que o esperado, totalizando 284,2 mil toneladas. As expectativas do mercado, no entanto, variavam de 350 mil a 550 mil toneladas.

Já as exportações de trigo ficaram em 559,6 mil toneladas, enquanto o mercado apostava em um volume entre 250 mil e 450 mil toneladas.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário