Soja: Demanda interna e baixos estoques impulsionam preços

Publicado em 18/07/2011 10:59 1240 exibições
As cotações da soja no Brasil seguem em alta e as negociações estiveram mais aquecidas na semana passada, apesar de vendedores brasileiros ainda estarem cautelosos após as retrações de preços em junho. Segundo pesquisadores do Cepea, os valores ofertados por compradores e pedidos por vendedores estão mais próximos, favorecendo a liquidez. A principal influência veio da demanda interna pela soja, num momento em que os estoques brasileiros estão baixos, conforme informações do Cepea. Em termos mundiais, ainda há especulação quanto ao tamanho da safra norte-americana e ao ritmo de compras da China. Entre 8 e 15 de julho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa para o produto transferido no porto de Paranaguá subiu 3,04%, finalizando a US$ 31,51/sc de 60 kg (em moeda nacional, o Indicador teve alta de 3,74%, a R$ 49,62/sc). Quanto à média ponderada das regiões paranaenses, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, houve aumento de 3,76% no período, fechando a R$ 46,96/sc na sexta.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário