Soja: Liquidez é baixa, mas mercado está otimista com nova safra

Publicado em 25/07/2011 10:38 538 exibições
As negociações de soja continuam em ritmo lento no Brasil, o que é considerado normal para este período, conforme pesquisadores do Cepea. Assim, agentes têm voltado suas atenções à finalização das compras de insumos para a nova safra, que voltaram a se aquecer devido às recentes recuperações dos preços dos grãos. A concorrência com milho deve ser mais expressiva na próxima temporada. No Paraná, especificamente, dados do Deral/Seab sinalizam que 70% da produção foi negociada até o início da semana anterior, contra a média de 76% até o final de julho entre as safras 2006/07 e 2009/10. Segundo informações do Cepea, o restante da safra provavelmente será comercializado conforme as oportunidades de preços vão surgindo. Entre 15 e 22 de julho, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa para o produto transferido no porto de Paranaguá caiu 0,4%, finalizando a US$ 31,64/sc de 60 kg (em moeda nacional, o Indicador recuou 0,85% no mesmo período, finalizando a R$ 49,2/sc). Quanto à média ponderada das regiões paranaenses, refletida no Indicador CEPEA/ESALQ, a queda foi de 0,85%, fechando a R$ 46,56/sc.
Tags:
Fonte:
Cepea

0 comentário