Plantio de soja da safra 2011/2012 no Paraná será antecipado em dez dias

Publicado em 03/08/2011 09:07 e atualizado em 02/03/2020 21:08 1126 exibições
Alteração elimina intervalos entre plantios e possibilita melhor distribuição das lavouras.
O plantio de soja para algumas regiões do Paraná será antecipado em dez dias na safra 2011/12. A medida foi divulgada em Diário Oficial, com a publicação do zoneamento agrícola que orienta o plantio de soja no país. A autorização atende a uma reivindicação dos produtores paranaenses, que já plantam variedades precoces e semiprecoces de soja para antecipar o ciclo da cultura.

Como consequência, também será antecipada a semeadura do milho safrinha, plantado na sequência da colheita da soja. O objetivo é criar condições para que o plantio de milho da segunda safra escape dos rigores das geadas de inverno, que este ano provocaram perda de 35% da produção.

O zoneamento anterior permitia o plantio de soja no Paraná somente a partir do dia 1º de outubro. Com a alteração no zoneamento, os municípios produtores de milho safrinha podem antecipar o plantio gradativamente a partir do dia 20 de setembro. No mês passado, o assunto foi discutido na sede da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), em Curitiba, durante reunião que contou com a participação de técnicos do Departamento de Economia Rural (Deral), cooperativas paranaenses, Emater, Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) e entidades de pesquisa como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Cooperativa Central de Pesquisa Agrícola (Coodetec) e Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). Em outra etapa, o assunto foi avaliado por técnicos do departamento de Gestão de Risco Rural da Secretaria Nacional de Política Agrícola do Ministério da Agricultura.

Para a Seab, a alteração no zoneamento agrícola para a soja é importante porque elimina as “janelas” (intervalos existentes nos prazos de plantio) em alguns municípios paranaenses e possibilita uma melhor distribuição das lavouras. Outro benefício para os produtores é a proteção do seguro rural, em caso de ocorrências climáticas que prejudiquem a produção.

Os melhores períodos para a semeadura, as variedades mais indicadas e a lista de municípios que poderão produzir o grão foram listados nas Portarias 265 a 280, publicadas no Diário Oficial da União. A portaria referente ao Paraná é a 275.

Tags:
Fonte:
Governo do Estado do PR

1 comentário

  • José Roberto de Menezes Londrina - PR

    Enfim, o estado do Paraná começa a estabelecer normas agronômicas para reduzir os prejuízos causados pelas medidas açodadas, sem critérios agronômicos e muitas vezes direcionadas para a proteção de mercados gerada pelos períodos de vazios sanitários. Em várias regiões, os períodos de vazios sanitários para a ferrugem asiática da soja e o bicudo do algodoeiro são as principais doenças e pragas da soja e do algodão no Brasil. Acho que os agricultores deveriam ter o direito de maximizar a eficiência produtiva dos seus respectivos agrossistemas, adotando as melhoras épocas de cultivo.

    0