Grupo Maggi vai começar a plantar soja na Argentina

Publicado em 10/08/2011 07:55 583 exibições
Um dos grandes produtores de soja no Brasil e no mundo, o Grupo André Maggi, vinculado à família do senador Blairo Maggi (PR-MT), vai começar a plantar a oleaginosa na Argentina. O projeto de internacionalização prevê o plantio de 5 mil hectares na próxima safra (2011/12), em áreas arrendadas cuja localização não foi revelada. Se o resultado for satisfatório, o plantio deverá ser ampliado para 30 mil hectares em um período de cinco anos.

A empresa já atua desde abril como trading na Argentina, e este ano deverá negociar no país 500 mil toneladas, com o plano de chegar a 2 milhões anuais até 2015. A Argentina é o terceiro maior produtor de soja do mundo, com colheita estimada em 48 milhões de toneladas no ciclo 2010/11, e a estratégia da empresa é avançar em sua globalização. Segundo comentário da assessoria de imprensa do grupo, a produção em pequena escala na Argentina busca uma aproximação com os produtores.

Trata-se, de acordo com a empresa, da mesma prática utilizada pelo Grupo André Maggi no Brasil, onde opera tanto como trading quanto com plantio próprio. O escritório em Buenos Aires foi aberto no ano passado, e o grupo não descarta expandir sua produção para países como Paraguai e Bolívia, dependendo do comportamento do mercado.

A internacionalização do André Maggi começou em 2008, quando o grupo abriu seu escritório em Roterdã, na Holanda, principal porta de entrada das exportações agrícolas brasileiras na Europa. Segundo os porta-vozes da empresa, a movimentação do braço europeu da trading chegou a 2 milhões de toneladas de grãos em 2010. Há dois anos, o grupo comprou o controle da Denofa, uma empresa norueguesa de esmagamento de grãos. A Denofa é especializada em atender países que fazem restrições ao consumo da soja transgênica.

O grupo Maggi faturou cerca de US$ 3 bilhões em 2010, segundo informações da empresa. Foi um resultado 26,6% superior ao obtido no ano anterior. Envolvido na política desde a eleição para o governo de Mato Grosso, em 2002, Blairo Maggi chegou a ser o maior produtor mundial individual de soja. O grupo tem sua gestão inteiramente profissionalizada desde abril e consegue uma produção em suas plantações próprias, distribuídas em 12 fazendas, de cerca de 400 mil toneladas.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário