Futuros da soja seguem estáveis à espera de relatório do USDA

Publicado em 09/09/2011 08:18 469 exibições
Clique aqui para ampliar!


Comentário:

Este comentário refere-se ao pregão futuro de oito de setembro de 2011. Nesta quinta-feira, as cotações futuras de soja relativas aos três primeiros vencimentos da Bolsa Mercantil de Chicago (CME) fecharam com perdas modestas, conforme a tabela acima. Assim como na quarta-feira, o mercado futuro de soja recuperou-se de perdas iniciais mais acentuadas, vindo a fechar em leve baixa. A tendência de liquidação de posições compradas especulativas veio novamente a pressionar para baixo as cotações futuras da oleaginosa, em antecedência ao fim-de-semana e em antecedência ao importante relatório de setembro do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA), que sairá na segunda-feira, pela manhã.

As cotações futuras de soja foram influenciadas no sentido de ceder em função de recuos expressivos dos preços futuros de milho e de trigo, em aparente realização de lucros, anteriormente à publicação do relatório do USDA. Outro fator importante de baixa consistiu na firmeza do Dólar dos EUA perante outras moedas conversíveis, tal como espelhada pelo comportamento do Índice do Dólar. Também foi mencionada a pressão de venda ensejada pela forte oferta de milho como fator de influência cruzada baixista, com respeito às cotações de soja, em Chicago.

Com respeito ao próximo relatório do USDA, traders acreditam que a indicação nele contida sobre a produtividade média norte-americana virá em torno de 45,95 sacos de 60 kg líquidos por hectare (41 bushels por acre), sendo a produção de soja norte-americana por eles esperada de aproximadamente 82,33 milhões de toneladas métricas (3,025 bilhões de bushels). O estoque final da safra 2011/2012 é esperado em torno de 4,14 milhões de toneladas, por comparação a aproximadamente 4,22 milhões de toneladas, conforme o relatório do USDA, no mês passado; e em contrapartida a cerca de 6,26 milhões de toneladas - o estoque final da safra estadunidense 2010/2011, recém terminada.

Tags:
Fonte:
SojaNet

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário