Soja estimula crescimento da produção nacional de grãos, aponta IBGE

Publicado em 09/09/2011 12:20 e atualizado em 09/09/2011 15:23 494 exibições
A maior expectativa de colheita de soja foi fator determinante para a revisão da produção de grãos em 2011, que deverá crescer 6,3%, em comparação a 2010, e alcançar 159 milhões de toneladas.  A afirmação é do gerente da coordenação de agropecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Mauro André Andreazzi. Em julho, a estimativa era de uma safra de 158,8 milhões de toneladas no ano.

De acordo com Andreazzi, o cultivo de soja está sendo impulsionado pelo aumento de áreas de produção dessa commodity. “Nossa vedete é a soja. Estamos com uma produção recorde de 74,8 milhões de toneladas”, explicou o especialista durante a divulgação do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA). “A cultura da soja é a preferida dos produtores, por ter maior liquidez, por ser negociada no mercado internacional.”

A produção esperada de soja em agosto aumentou em 31.136 toneladas em relação a julho em razão de revisões feitas nos estudos de Tocantins. Em relação a 2010, a safra da commodity neste ano deve crescer 9,3%. 
 
Em sentido contrário, as revisões da LSPA foram influenciadas também pela expectativa de menor produção do trigo, que recuou 1% de agosto a julho, para 5,096 milhões de toneladas. O preço do trigo e os problemas climáticos desestimularam os produtores, o que deve resultar em retração anual de 15,6% desse cultivo, segundo o IBGE.  
 
“Produtores que resolveram plantar trigo tiveram problemas com estiagem, geada, numa fase de crescimento do trigo. E, agora, está aumentando a incidência de doenças no Paraná, nosso principal produtor de trigo”, salientou Andreazzi.

Tags:
Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário