Soja: Com preços elevados, China diminui importações em agosto

Publicado em 12/09/2011 16:44 e atualizado em 13/09/2011 13:31 828 exibições
A demanda da China por grãos estrangeiros apresentou uma diminuição em agosto diante dos preços globais em elevação e o lucro não satisfatório para processadoras domésticas com a política de controle das cotações dos óleos comestíveis pelo governo, dizem analistas.

De acordo com dados divulgados pela Administração Geral Alfandegária da China, no mês de agosto, as compras de soja somaram 4,51 milhões de toneladas, uma queda de 5% ante ao mesmo mês de 2010 e 16% em relação a julho. No período entre janeiro e agosto deste ano, os chineses importaram 33,58 milhões de toneladas, 5,5% a menos que o mesmo intervalo de 2010.

De janeiro a agosto de 2011, as importações de óleos comestíveis apresentaram elevação de 32% em relação a valores. Entretanto, em relação ao volume, houve uma queda de 5,3%, para 4,09 milhões de toneladas.

De acordo com o Ministério de Comércio do país, as compras chinesas devem diminuir para 3,2 milhões de toneladas em setembro.

Milho
As exportações chinesas do grão tiveram um aumento de 47% em agosto em relação ao mesmo período de 2010, somando 13.286 toneladas. No período entre janeiro e agosto, o país exportou 80.491 toneladas, uma queda de 21% em relação ao ano anterior.

Tags:
Por:
Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário