Geadas na área de produção dos EUA evita perda maiores da soja em Chicago

Publicado em 14/09/2011 07:39 703 exibições
Clique aqui para ampliar!

Comentário:

Este comentário refere-se ao pregão futuro de treze de setembro de 2011. Nesta terça-feira, as cotações futuras de soja relativas aos três primeiros vencimentos da Bolsa Mercantil de Chicago (CME) fecharam com perdas modestas, conforme a tabela acima. O relatório do Departamento de Agricultura (USDA) sobre o progresso das safras agrícolas publicado na segunda-feira após o fechamento do pregão futuro da oleaginosa informou que o somatório dos percentuais das lavouras de soja norte-americana julgadas em condições boas ou ótimas era de 56 %, no domingo passado (11/09/2011). Ou seja, este percentual manteve-se inalterado desde o levantamento concluído no domingo retrasado (04/09/2011) e compara-se a 63 %, nesta mesma época, no ano passado.

As cotações futuras de soja cederam levemente nesta data apesar de fatores externos positivos, incluindo a desvalorização do Dólar dos EUA perante uma cesta de moedas conversíveis - o que torna as commodities norte-americanas de exportação mais baratas para os importadores globais. O recuo das cotações de soja nesta terça-feira foi, entretanto, bastante influenciados pelas perdas expressivas nos vizinhos pregões de milho e de trigo.

Entretanto, já ao final da sessão futura de soja, começaram a circular comentários sobre o acentuado risco de geadas precoces em diversos estados produtores de soja, nos EUA. Seguem adiante: (i) a citação de opinião de representante da firma de meteorologia Freese-Notis Weather, Inc., com respeito a graves a riscos de geadas na próxima quinta-feira, quinze de setembro corrente, na parte norte do Meio-Oeste do país mencionado; bem como, (ii) ao final deste e-mail, mapa sobre as previsões de baixíssimas temperaturas esperadas em várias regiões norte-americanas produtoras da oleaginosa, na referida quinta-feira.

Opinião do analista da firma Freese-Notis Weather, Inc.: "Na manhã de quinta-feira (próxima), espero mínimas abaixo de 32 graus Farenheit (32º Farenheit = zero graus centígrados) - (i) na seção leste das duas Dakotas (Dakota do Norte e Dakota do Sul), (ii) em cerca de ¼ do (importante) estado de Iowa (a parte norte do estado); (iii) na parte do extremo oeste do estado de Wisconsin; e (iv) em grande parte do (importante) estado de Minnesota, onde várias localidades deverão registrar temperaturas abaixo de 30º F (temperaturas sub-zero). Apenas 9 % das lavouras de soja de Minnesota estão perdendo folhas, sendo que 61 % dos cultivos da oleaginosa em Minnesota sequer estão mudando de coloração". Cumpre ter em mente que a presente safra norte-americana de soja foi semeada com enorme atraso e que o risco acentuado de geadas precoces no norte do país foi previsto muito tempo atrás.

Tags:
Fonte:
SojaNet

1 comentário

  • Roberto Cesar da Silva Rondonópolis - MT

    Bom dia a todos,

    Estou a 15 (quinze) dias aqui na cidade de Cedar Rapids - IOWA e em nenhum momento houve sinal de chuva e muito menos previsão. As lavouras de soja e milho estão bem prejudicadas aqui no estado de IOWA. Rodei quase todo o Estado e o que percebi é que vão ter uma perca de 15% a 30% no milho e a perca na soja será maior ainda.

    Hoje o dia amanheceu bem frio, e a tendência é que caia ainda mais no decorrer da semana.

    Uma abraço a todos.

    Roberto.

    0