Importações de soja da China em setembro têm baixa de 11% no ano

Publicado em 13/10/2011 12:05 272 exibições
As importações de soja da China totalizaram 4,13 milhões de toneladas em setembro deste ano. O volume é 11% menor em relação ao mesmo mês de 2010. Nos primeiros nove meses do ano, as compras chinesas já somam 37,71 milhões de toneladas, sendo 61% maiores do que o importado no mesmo período do ano passado.

Por outro lado, o CNGOIC - Centro Nacional de Informação de Grãos e Oleaginosas da China  - estima que as importações da commodity podem aumentar para 5 milhões de toneladas e esse aumento poderá ajudar a sustentar as cotações na Bolsa de Chicago.

"As importações de soja pela China devem retomar alta nos próximos meses, especialmente para a soja dos EUA. As compras chinesas devem dar sustentação aos preços nos Estados Unidos, especialmente depois de estimativas altistas que nós tivemos pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos", disse Ker Chung Yang, analista de commodities da Phillip Futures, de Cingapura.

Outro fator que pode estimular as compras também é a margem de esmagamento da oleaginosa no país. Desde setembro, o valor para processar uma tonelada de soja é de aproximadamente 150 iuans, enquanto, no primeiro semestre esse valor era de 250 iuans.

"As margens de esmagamento se tornaram muito melhores que desde o início do ano, o que pode estimular o interesse de compra", disse o representante de uma entidade do setor que promove a soja americana.

Os Estados Unidos e o Brasil "disputam" o mercado chinês de soja, uma vez que a nação asiática já volta suas parte de suas atenções para a oleaginosa brasileira, que oferece preços mais baratos em consequência da safra recorde.

Com informações da Reuters.

Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário