Aprosoja divulga resultados do Circuito Tecnológico 2011

Publicado em 24/11/2011 13:00 e atualizado em 24/11/2011 16:44 254 exibições
Nesta quinta (24/11), às 14h30, na sala de reuniões da Federação da Agricultura e Pecuária (Famato/MT), a Aprosoja realiza coletiva de imprensa para divulgar o resultado do Circuito Tecnológico 2011. O presidente da Aprosoja, Glauber Silveira e o gerente técnico, Nery Ribas, participam da coletiva.

O raio-x apresentado na coletiva foi traçado a partir do dados levantados pelo Circuito Tecnológico 2011, realizado entre os dias 17 e 28 de outubro. Ao todo foram 541 amostras, sendo 500 de sementes e 41 de fertilizantes, além de informações quantitativas e qualitativas que os produtores passaram.

Esse retrato da soja 11/12 no estado é usado pela Aprosoja principalmente como conteúdo para a entidade se organizar e cobrar dos órgãos responsáveis as demandas do setor, bem como mostrar aos produtores a realidade estadual para que ele possa se situar nela, ajudando inclusive na sua tomada de decisões.

Durante quase 20 mil km percorridos nas quatro regiões de Mato Grosso quando os produtores semeavam a safra 2011/2012, as cinco equipes com funcionários, estudantes, pesquisadores e parceiros da Aprosoja coletaram amostras de sementes e fertilizantes, além de informações gerais sobre a área cultivada, desafios e expectativas dos produtores.

As sementes coletadas foram analisadas pelo Laboratório de Sementes da Faculdade de Agricultura e Medicina Veterinária da Universidade Federal de Mato Grosso (Famev – UFMT). Segundo a responsável técnica pelo laboratório, Profª. Drª. Maria Cristina de Figueiredo e Albuquerque, as sementes não tratadas foram analisadas quanto ao vigor e germinação. “As sementes tratadas com inseticidas, fungicidas e outros elementos químicos serão analisadas quanto à sanidade e eficácia deste tratamento”, explica.
Fertilizantes foram encaminhados para análise em laboratórios devidamente credenciados pelo Ministério da Agricultura. Cada uma das equipes teve um roteiro e uma meta de amostras a ser cumprida por dia em propriedades escolhidas ao acaso.

O proprietário ou gerente que os recebia prestava as informações, tanto qualitativas quanto quantitativas. O questionário incluiu questões de produção, variedades, qualidades de fertilizantes; questões econômicas, de crédito, de expectativas de novas aquisições de máquinas ou não; e também questionamentos ambientais.
Participaram da caravana o gerente técnico da Aprosoja, Nery Ribas, os supervisores de campo Franciele Dal’ Maso, Liliane Rocha, Rodrigo Fenner, Eliandro Zaffari, bem como pesquisadores e alunos da Embrapa, Unemat, Univag, UFMT, jornalistas e representantes dos patrocinadores – Basf, Serrana e Sicredi.

Estimativas – O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) aponta uma área de 6,78 milhões de hectares plantados com soja para a safra 2011/2012, com estimativa de produção de 21,5 milhões de toneladas. A última safra (2010/2011) registrou 6,41 milhões de hectares plantados com a oleaginosa, garantindo uma produção de 20,5 milhões de toneladas do grão.

Tags:
Fonte:
Aprosoja

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário