Ações do governo devem causar pouco efeito na indústria de etanol

Publicado em 25/03/2013 08:20 264 exibições
Muito tem se falado sobre o pacote de desonerações fiscais para o setor sucroalcooleiro que o governo estaria prestes a anunciar. A expectativa recai sobre a concessão de dois incentivos: a redução de Pis/Cofins dos atuais 9,25% para patamares entre 1% e 4% e a diminuição do INSS quando tributado sobre o faturamento, que de 2,75% passaria para 1%. Embora estimativas apontem uma renúncia fiscal de aproximadamente R$ 3,5 bilhões por ano, as prováveis iniciativas federais em favor dos agentes do etanol não entusiasmam a maioria do setor. Especialistas apontam que o impacto na redução dos custos é moderado e há incerteza do repasse ao consumidor.

Veja a notícia na íntegra no site Nova Cana
Fonte:
Nova Cana

0 comentário