Vendas de etanol pelas unidades do Centro-Sul atingem volume recorde na primeira quinzena de dezembro

Publicado em 26/12/2014 08:50 26 exibições

As vendas de etanol pelas unidades produtoras da região Centro-Sul na primeira quinzena de dezembro somaram 1,16 bilhão de litros, atingindo volume recorde para a safra 2014/2015.

Do total comercializado na primeira metade do mês, 1,05 bilhão de litros foram direcionados ao mercado interno e apenas 106,47 milhões de litros à exportação.

Especificamente em relação ao volume comercializado de etanol hidratado no mercado doméstico, este somou 640,42 milhões de litros nos primeiros quinze dias de dezembro, frente a 545,83 milhões de litros registrados no mesmo período de 2013 – expressiva alta de 17,33%.

Para o diretor Técnico da UNICA, Antonio de Padua Rodrigues, “esse crescimento nas vendas de etanol hidratado se deve aos preços convidativos do produto e ao esforço realizado pelo setor produtivo para destacar os benefícios e vantagens do etanol como combustível limpo e renovável, por meio de uma ampla campanha publicitária iniciada no final de setembro”.

No acumulado de abril até 15 de dezembro, as vendas de etanol alcançaram 17,39 bilhões de litros. Deste montante, 16,32 bilhões de litros direcionaram-se ao abastecimento do mercado interno e apenas 1,06 bilhão de litros à exportação.

Moagem de cana-de-açúcar

O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras da região Centro-Sul atingiu 10,09 milhões de toneladas na primeira metade de dezembro, queda de 44,16% no comparativo com igual período de 2013 (18,07 milhões de toneladas).

No acumulado desde o início da safra 2014/2015 até 15 de dezembro, a moagem alcançou 564,18 milhões de toneladas, apresentando queda de 4,26% em relação ao valor observado na mesma data da safra 2013/2014.

Segundo o diretor da UNICA, “quase todas as usinas que ainda estavam operando no início da segunda quinzena do mês tinham previsão de encerrar as atividades antes da véspera de natal”. O número reduzido de unidades em operação e a chuva mais intensa observada na maior parte da região produtora indicam uma moagem residual a partir da segunda metade de dezembro, concluiu.

Produção de açúcar e de etanol

Seguindo a tendência observada nos últimos meses, a proporção de matéria-prima destinada à fabricação de açúcar nos primeiros quinze dias de dezembro (31,90%) manteve-se consideravelmente abaixo do nível observado na mesma data da safra passada (40,33%).

Com isso, a produção de açúcar nos primeiros quinze dias do mês atingiu 370,65 mil toneladas, retração de 57,96% sobre o valor verificado em 2013 (881,62 mil toneladas). A produção de etanol, por sua vez, alcançou 492,32 milhões de litros, sendo 200,39 milhões de litros de etanol anidro e 291,93 milhões de litros de etanol hidratado.

No acumulado desde o início da safra até 15 de dezembro, a produção de açúcar atingiu 31,83 milhões de toneladas (queda de 6,38% em relação ao índice registrado na safra passada) e a de etanol 25,67 bilhões de litros (crescimento 2,16% no comparativo com 2013).

Acesse o relatório completo no UnicaData, clique aqui

 

Fonte:
Unica

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário