Projetos de novas usinas em Goiás serão adiados

Publicado em 25/11/2008 15:25 1691 exibições
O Estado de Goiás, após fortes investimentos para promover a expansão canavieira, terá dezenas de projetos de novas usinas de álcool adiados. O presidente do Sindicato das indústrias de Açúcar e Álcool de Goiás (Sifaeg), André Rocha, disse ao jornal "Valor Econômico", que pelo menos 50 projetos, que já estavam em fase embrionárias, deverão ser adiados. De acordo com a matéria, o Estado tem 29 usinas, boa parte na região do sudoeste goiano, em operação e nesta safra 2008/09, a produção de cana está estimada em 32 milhões de toneladas. Entretanto, pelo menos 4 milhões de toneladas deverão ficar nos canaviais. Grupos do setor como Cosan, ETH Bioenergia, da Odebrecht, e Brenco estão com investimentos nessa região, além de multinacionais como a americana ADM. Segundo o "Valor", as companhias pretendem manter seus aportes. Por outro lado, os 29 projetos, que tiveram investimentos entre R$ 12 bilhões e R$ 13 bilhões e já estão em andamento não deverão sofrer alterações, sendo concluídos até 2011.


Fonte: Safras e Mercado
Fonte:
Safras e Mercado

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário