Moagem de cana supera em quase 50% a da mesma quinzena na safra anterior

Publicado em 27/11/2008 16:15 1167 exibições
A moagem de cana-de-açúcar pelas unidades produtoras da região Centro-Sul do País na primeira quinzena de novembro de 2008 atingiu 25,88 milhões de toneladas, 47,63% superior à moagem da mesma quinzena da safra anterior. O volume de cana esmagada até 15 de novembro atingiu 438,45 milhões de toneladas, 10,57% acima do acumulado na safra anterior no mesmo período. Com isso, o total de cana esmagada nesta safra já supera o total esmagado na safra 2007/08 em 1,7%, ou seja, 7,33 milhões de toneladas.

O forte crescimento, de 47,63%, na moagem da primeira quinzena de novembro em relação à mesma quinzena da safra anterior, deve-se à ocorrência de chuvas que na atual safra foi inferior nesse período ao verificado na safra 2007/08. Também influiu no resultado a quantidade maior de unidades produtoras em operação.

Na safra anterior, até 15 de novembro, 47 unidades já haviam encerrado a safra, 14 delas no estado de São Paulo. Na presente safra e no mesmo período, apenas 14 unidades já encerraram a moagem, das quais apenas duas no Estado de São Paulo. Até 15 de novembro, das 32 novas unidades com previsão de início de moagem nesta safra, 28 unidades já estão em operação, respondendo conjuntamente por 2,75% da cana total esmagada no Centro-Sul. Uma das novas unidades iniciou a moagem na segunda quinzena de novembro, confirmando a expectativa inicial de que das 32 unidades, 29 estariam em operação até o final da safra atual.

As condições climáticas se apresentam mais favoráveis à colheita de cana na segunda quinzena de novembro, o que permite afirmar que o volume de moagem revisado pela UNICA, de 487 milhões de toneladas de cana até o final da atual safra, deverá ser alcançado.

A produção de açúcar na quinzena foi de 1,24 milhão de toneladas, 40,75% superior ao da mesma quinzena da safra anterior, ficando o acumulado em 23,85 milhões de toneladas, 3,14% inferior ao acumulado da safra anterior. Do total dos açúcares totais produzidos na quinzena, 36,20% foram destinados à produção de açúcar e 63,80% para a produção de etanol, o que permite afirmar que a produção total de açúcar ficará inferior ao total produzido na safra anterior, que somou 26,2 milhões de toneladas.

A produção de etanol na quinzena totalizou 1,34 bilhão de litros, número que supera o da mesma quinzena da safra anterior em 39,36%. A produção total de etanol acumulada nesta safra até 15 de novembro é de 21,58 bilhões de litros, o que supera o acumulado na safra anterior no mesmo período em 16,75%. O total também supera em 6,67% a produção total de etanol de toda a safra 2007/08.

A maior destinação da oferta total de açúcares totais recuperados, para a produção de etanol, confirma uma safra predominantemente alcooleira, cuja produção total deverá alcançar 24,0 bilhões de litros de etanol no Centro-Sul. Do total de etanol produzido até a presente data, 34,3% é etanol anidro e 65,7% do etanol hidratado.

As vendas de etanol no mercado interno continuam aquecidas e dentro da média verificada nas últimas quinzenas, com saídas acumuladas para o mercado interno no período compreendido entre 1º de abril a 15 de novembro de 12,84 bilhões de litros e para o mercado externo um volume acumulado de 3,6 bilhões de litros. A UNICA mantém a expectativa das exportações da região centro-sul em 4,2 bilhões de litros até o final de março de 2009.


Fonte: Portal do Agronegócio
Fonte:
Portal do Agronegócio

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário