Mercado aguarda contrato do etanol hidratado na BM&F

Publicado em 01/04/2010 08:37 447 exibições

O mercado de etanol começa a ganhar contornos mais organizados. O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) e a BMF&Bovespa lançaram um indicador diário para o etanol hidratado, que será usado na liquidação de um contrato desse produto que será lançado pela bolsa paulista. A data de estreia desse instrumento ainda não está definida, mas o objetivo será apoiar a comercialização do produto no mercado interno, segundo Fabiana Perobelli, gerente de produtos do Agronegócio da BM&FBovespa.

O indicador será diário e terá formação de preço em Paulínia (SP), por ser referência em distribuição de combustíveis no Brasil. Ele será calculado a partir de informações de preços fornecidas por produtores de etanol, distribuidoras de combustíveis e corretores.

A BMF&Bovespa lançou em maio de 2007 o contrato futuro de álcool anidro. Naquele ano, foram negociados 18.614 contratos, número que recuou para 16.608 no ano seguinte, segundo dados da bolsa. Segundo Fabiana, esse contrato foi criado com foco no mercado de exportação. "Enquanto tivemos oportunidades de preço na exportação, o contrato teve liquidez, que foi perdida com os desencadeamentos da crise mundial", explica a especialista.

Além de ter como foco o mercado interno, o contrato de etanol hidratado que será lançado pela bolsa paulista terá como principal diferença para o de anidro a liquidação, que será financeira, o que tende a elevar sua procura.

Também está em andamento uma negociação entre a Bolsa de Chicago e a BM&F Bovespa para cooperação em biocombustíveis para usar as plataformas das duas bolsas em contratos de etanol. (FB)

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário