Jornalistas chineses refletem interesse do país por etanol brasileiro

Publicado em 27/04/2010 13:55 259 exibições

A procura crescente por informações a respeito do etanol brasileiro de cana-de-açúcar por veículos de comunicação da China é um reflexo do interesse que existe hoje naquele país pela solução energética brasileira. Assim se manifestou o diretor de comunicação corporativa da União da Indústria de Cana-de-Açúcar, Adhemar Altieri, após recepcionar, na última quinta-feira (22/04), mais um grupo de profissionais da imprensa chinesa em visita à sede da entidade em São Paulo.

"Este não é o primeiro grupo que recebemos, e além destas visitas temos contatos frequentes por parte de jornalistas chineses, sempre em busca de informações sobre o funcionamento do setor sucroenergético brasileiro e perspectivas para o futuro," comentou Altieri após a conversa com os sete visitantes, ligados a veículos de Pequim, Hong Kong, Xangai e província de Cantão.

Para Ma Jingying, repórter do jornal Jiefang Daily, de Xangai, as informações obtidas “ajudam a esclarecer por que o Brasil é um mercado extremamente sólido para o biocombustível produzido a partir da cana.” A jornalista, que também escreve para a revista The New Century Weekly, acha que o aprendizado poderá ajudá-la a produzir matérias para uma seção específica da sua publicação, voltada para questões energéticas.

Na UNICA, o grupo assistiu a uma apresentação conduzida pela assessora de relações institucionais da entidade, Nayana Rizzo, e discutiu o crescimento da produção e uso do etanol por outras nações, com destaque para as dez províncias chinesas que já adotam a mistura de 10% de etanol na gasolina. "No final de 2009, a China reduziu sua tarifa sobre etanol importado de 30% para 5%, o que pode levar a uma expansão na importação e no uso do etanol no país," lembrou Altieri.

Antes do encontro na UNICA, os jornalistas chineses foram à Brasília, onde entrevistaram autoridades federais sobre a realização do I Encontro Empresarial BRIC-IBAS, na primeira quinzena de abril, no Rio de Janeiro. Na ocasião, empresários brasileiros - incluindo os do setor sucroenergético nacional representados pela UNICA, discutiram formas de cooperação comercial com representantes dos outros integrantes do BRIC (Rússia, Índia e China) e da África do Sul.

A visita dos jornalistas chineses ao Brasil incluiu visitas à Usina de Itaipú, em Fóz do Iguaçú, ao Conselho Empresarial Brasil-China, sediado em São Paulo, ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e à Embraer, ambos em São José dos Campos.

Fonte:
Brasil Agro

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário