Saque do resíduo para plantadores de cana de AL termina nesta sexta, 16

Publicado em 16/07/2010 08:13 492 exibições
Termina nesta sexta-feira, 16, o prazo para os 1.113 plantadores de cana-de-açúcar de Alagoas que não informaram o domicilio bancário para receber a subvenção 2008/2009. O beneficio pode ser sacado em qualquer agência do Banco do Brasil do estado. Os plantadores de cana que não comparecerem para sacar o montante perderão o benefício.

Segundo a superintendência regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), cerca de R$ 2 milhões foram disponibilizados durante toda essa semana. De acordo com o presidente da Cooperativa de Crédito dos Plantadores de Cana de Alagoas (Coplan), Fernando Rossiter, para agilizar o processo, a Conab enviou para todas as cooperativas e usinas a relação dos produtores que deixaram de receber a subvenção.

“Fomos informados que esse beneficio só poderá ficar disponível por 9 dias, depois volta para conta do Tesouro Nacional”, alertou Rossiter. O superintendente da Conab, Elizeu Rego, reforçou que esse resíduo é referente à produção dos pequenos agricultores que também perderam o prazo durante a liberação da verba.

“Na liberação no prazo normal esses plantadores não foram resgatar o beneficio e, como manda a regra, o dinheiro voltou para conta do Tesouro. Devido a várias reclamações, foi feita essa segunda chamada, mas o prazo tem que ser cumprido”, explicou Elizeu Rego.

Subvenção 2009/2010

Sobre a liberação da Subvenção 2009/2010 a previsão é que a verba comece a ser liberada na primeira quinzena de agosto. Segundo Rego, o governo federal deve liberar R$ 90 milhões para atender os produtores que moeram até 10 mil toneladas de cana na safra passada em todo Nordeste. Deste valor cerca de R$ 35 milhões será injetado em Alagoas atendendo 7.800 pequenos plantadores.

Para receber a subvenção 2009/2010 os plantadores de cana devem seguir a mesmas regras da safra passada. Ter em mãos a nota fiscal fornecida pelas usinas, cópias de RG, CPF e Comprovante de Residência. “Esses documentos devem ser entregues na cooperativa ou associação que o plantador está ligado ou diretamente na Conab. O mais relevante nesse processo é que 80% dos plantadores do estado que receberão o beneficio fornece menos de mil toneladas de cana por safra, ou seja, beneficiando realmente quem necessita”, destacou Elizeu Rego.

Fonte:
Aqui Acontece

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário