Ainda há muito açúcar a ver navios nos portos

Publicado em 23/08/2010 07:33 e atualizado em 23/08/2010 11:03 473 exibições
Por conta das persistentes chuvas nas regiões litorâneas do Sudeste e do Sul do país, já deixaram de ser embarcadas ao exterior, em agosto, cerca de 900 mil toneladas de açúcar nos portos de Santos (SP) e de Paranaguá (PR), as principais saídas do produto brasileiro ao exterior. Desde meados de julho, filas de navios vem se formando nos dois portos por conta da elevada demanda pelo produto brasileiro. A ocorrência das chuvas agravou esse congestionamento, uma vez que o mau tempo obriga os navios a suspenderem o carregamento.

Segundo levantamento da Kingsman do Brasil, entre 1º e 16 de agosto foram exportados nos dois portos 1,2 milhão de toneladas da commodity, volume que foi de 2,129 milhões de toneladas em igual intervalo de 2009. Aos preços médios exportados em julho, o volume de 929 mil toneladas que não foi embarcado está avaliado em US$ 400 milhões.

"O tempo abriu há uma semana. Nos outros dias do mês, houve poucas janelas de sol", disse Luiz Teixeira da Silva Júnior, chefe do Departamento de Operação do Porto de Paranaguá e Antonina (APPA). Apesar do clima favorável nos últimos dias, a espera segue grande nos dois portos, que juntos somam 75 navios aguardando na barra. Esse número superou 90 embarcações entre o fim de julho e começo de agosto.

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário