Açúcar ajustou fortificado ainda se sustentando nos fundamentos vulneráveis as condições climáticas pelo mundo todo

Publicado em 02/09/2010 17:46 386 exibições

O açúcar ajustou fortificado ainda se sustentando nos fundamentos vulneráveis as condições climáticas pelo mundo todo. A CONAB hoje reduziu a revisão da produção Nacional desta safra para 500 m tons menos para 38,2 mm tons. A principal justificativa foi a diminuição das chuvas na região C/S brasileira e com o La Nina essa seca poderá ser estendida até o final de novembro, na Rússia e no Paquistão o clima permanece chuvoso ainda prejudicando a produção. Segundo a Agencia Williams ainda permanece um line up de mais de 110 navios aguardando a embarcação de açúcar. A produção de açúcar na Índia ainda permanece uma incógnita, mas os comentários são de que 450 m tons já foram exportados para o Paquistão. O spread NY V0/H1 fechou inalterado @ +53 mesmo com as rolagens de fundos se encorpando, a principal razão é que com a curva em backwardation o mercado mesmo com problemas de desembarque da produção é muito mais atrativo do que manter o estoque até março com os preços mais baixos. O cenário macro permaneceu otimista para commodities com o dólar ainda enfraquecido e as bolsas ligeiramente positivas S&P +0,50%. O VHP se ajustou com 32 pontos de alta e o refinado +$11,30, ambos no contrato de outubro. O prêmio de branco ajustou @ $133 base V0/V0.

Clique nos links abaixo e confira os fechamentos:

Boletim de Açúcar

Sugar Report

Fonte:
Hencorp Commcor

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário