Exportações de açúcar sobem 53,4% em agosto

Publicado em 14/09/2010 07:43
306 exibições
Produto é destaque na balança comercial do mês, com 3,2 milhões de toneladas embarcadas. Vendas do agronegócio renderam US$ 7,3 bilhões.
O aumento de 53,4% na quantidade exportada de açúcar foi destaque na balança comercial do agronegócio, saltando de 2,1 milhões de toneladas, em agosto de 2009, para 3,2 milhões de toneladas no mês passado. No geral, as exportações totalizaram US$ 7,305 bilhões, crescimento de 23,3% em relação a agosto de 2009. O número é recorde para o período e 8% superior às vendas externas no mesmo mês em 2008, até então o agosto mais alto na série histórica. As importações em agosto totalizaram US$ 1,095 bilhão e o superávit registrado foi de US$ 6,210 bilhões.

Entre janeiro e agosto, as exportações tiveram alta de 13,6% em relação a 2009, com US$ 49,628 bilhões. As importações também apresentaram variação positiva (37,5%), totalizando US$ 8,375 bilhões. O saldo comercial do agronegócio até o momento é de US$ 41,252 bilhões.

Na análise por setores, as maiores contribuições para o resultado no período vieram do complexo sucroalcooleiro (73,8%), carnes (23,7%), produtos florestais (37,7%), café (41,9%), cereais e farinhas (136,3%). O bom desempenho do açúcar elevou em 73,8% as vendas externas do complexo sucroalcooleiro no último mês. Tendo como base de comparação agosto de 2009, o valor arrecadado com os embarques de açúcar somou US$ 1,369 bilhão, por causa do aumento de 23,9% no preço do produto.

A receita com as exportações de carnes aumentou 23,7%, passando de US$ 1,014 bilhão, em agosto de 2009, para US$ 1,255 bilhão no mês passado. Os valores arrecadados com as vendas de carne bovina foram 52,6% maiores; de frango, 28,4% e de carne suína, 36,8%.

Os destinos que apresentaram maior crescimento foram Egito (145%), Tailândia (130,3%), Irã (129%), Rússia (76,9%), Indonésia (74,2%), Espanha (52,1%), Argentina (45,8%) e Japão (44,2%). Na avaliação por blocos econômicos e regiões, todos apresentaram incremento e os destaques foram África (58%), Nafta (43%), Mercosul (40,9%) e Oriente Médio (29,2%).

Em relação às importações, em agosto, as compras de produtos agropecuários originários de outros países aumentaram 40,2%, pulando de US$ 785 milhões para US$ 1,095 bilhão. Trigo (37,3%), arroz (52%), borracha natural (188%) e pescado (54,2%) foram os produtos mais importados no último mês.
Fonte: Mapa

Nenhum comentário