Brasil busca apoio político financiando etanol na África

Publicado em 07/10/2010 08:51
335 exibições
Diplomatas e técnicos brasileiros entregam nesta quinta-feira ao governo do Senegal sugestões de projetos de produção de biocombustíveis no país da costa ocidental africana.

É o oitavo estudo do tipo produzido sob o memorando de cooperação no setor assinado entre Brasil e EUA em 2007. O primeiro para a África --
os demais foram feitos para países da América Central e do Caribe.A iniciativa visa aumentar a penetração econômica e política do Brasil.

As iniciativas do Brasil no setor chegam após o Itamaraty ter formalizado o interesse em assumir a direção-geral da FAO (órgão da ONU para agricultura e alimentação), cargo que desde 1994 é ocupado pelo senegalês Jacques Diouf e que ficará vago no ano que vem, aponta Cláudia Antunes em reportagem para a Folha de S. Paulo.

Ter boas relações com países africanos no setor agrícola ajudaria a angariar votos para esse projeto.

A Folha apurou que a Embrapa, que atua nesses projetos com a ABC (Agência Brasileira de Cooperação), tem pessoal permanente em Gana, Moçambique, Senegal e Mali.

Com a projeção do seu "poder brando", o Brasil espera obter apoio para as posições internacionais do país, incluindo numa eventual votação da ampliação do Conselho de Segurança da ONU.
Fonte: Folha Online

Nenhum comentário