Produção de cana cai 27% na segunda quinzena de setembro

Publicado em 15/10/2010 08:13
247 exibições
As chuvas que atingem as principais áreas produtoras de cana-de-açúcar estão prejudicando a moagem na região Centro-Sul do país. Segundo balanço divulgado nesta quinta-feira (14-10) pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), foram esmagadas 27,16 milhões de toneladas na segunda quinzena de setembro, uma redução de 27,03% em comparação aos primeiros quinze dias do mês.

Em relação as 42,07 milhões de toneladas processadas na segunda quinzena de agosto, a queda é de 35%. Até o final de setembro, foram moídas 444,54 milhões de toneladas.

A grande ocorrência de chuvas tem feito com que os produtores reduzam a quantidade de cana destinada a produção de açúcar, de acordo com o diretor técnico da Unica, Antonio de Pádua Rodrigues. É natural uma redução na produção de açúcar no último terço da safra, contudo, ao longo de setembro esse aspecto foi intensificado pela maior ocorrência de chuvas e pela consequente deterioração da qualidade da cana.

Na segunda quinzena de setembro, a quantidade de cana destinada à produção de açúcar caiu para 44,70%, contra 46,41% nos primeiros quinze dias do mês. Com isso, a produção de açúcar na segunda metade de setembro ficou em 1,97 milhão de toneladas, queda de 25,70% em relação aos primeiros dias do mês.

A safra também acumula a produção de 20,30 bilhões de litros de etanol, crescimento de 22,59% comparado ao mesmo período de 2009. Desse total, 1,49 bilhão foi produzido na segunda quinzena de setembro.

Do total de etanol produzido, de abril a setembro, foram comercializados 13,30 bilhões de litros, queda de 5,49% em comparação ao mesmo período da safra anterior (2009/2010). Segundo a Unica, a diminuição está relacionada a um forte declínio das exportações. As vendas para o mercado interno, no entanto, tiveram alta de 1,30%.
Fonte: Reuters

Nenhum comentário