Valor bruto da produção de cana só é inferior ao da soja

Publicado em 11/01/2011 07:43 229 exibições
O Ministério da Agricultura voltou a revisar para cima sua projeção para o valor bruto da produção (VBP) das 20 principais culturas agrícolas do país em 2011. Em levantamento divulgado ontem, o montante total foi elevado para R$ 187,064 bilhões, quase R$ 2 bilhões a mais do que o previsto em dezembro e 8,3% acima de 2010.

A correção reflete os aumentos de preços de alguns dos principais produtos do campo brasileiro, como soja, açúcar, milho, café e laranja e o fato de o fenômeno climático La Niña até agora ter "poupado" a safra de grãos (2010/11). Na semana passada, foi dada a partida para a colheita de soja na temporada, no Estado de Mato Grosso.

O cenário positivo, que deverá levar as exportações do agronegócio novamente a bons resultados no ano, continua a animar os agricultores. Em dezembro, o Índice de Confiança do Produtor Rural (ICP Rural) da consultoria Uni.Business Estratégia alcançou 118,6 pontos, maior patamar do ano passado.

Carro-chefe do campo nacional, a soja teve seu VBP levemente ajustado para baixo pelo ministério, mas a nova estimativa, de R$ 46,347 bilhões, ainda é 5,1% superior ao valor do ano passado. Também nesta cadeia a confiança dos produtores está nas alturas. O ICP Soja da Uni.Business atingiu 116,7 pontos em dezembro, o teto de 2010.

Com aumento de 2,2% em relação a 2010, a cana aparece em segundo lugar na lista do ministério dos maiores VBPs, com previsão de R$ 32,880 bilhões. Milho, café e laranja completam o rol dos cinco maiores produtos agrícolas em valor bruto da produção em 2011, com incrementos previstos em 10,7%, 13,1% e 22,7%, respectivamente.

Fonte:
Valor Econômico

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário