Venda de açúcar em Cuba perderá subsídios

Publicado em 15/02/2011 10:13 274 exibições
O governo de Cuba afirma que vai liberalizar a venda de açúcar, após passar décadas subsidiando o preço do produto, um dos seus principais itens de exportação.

Este é o mais recente passo dado pelo governo de Raúl Castro para reduzir o papel do Estado na economia e incentivar a iniciativa privada na ilha comunista, em resposta a uma grave crise econômica. Os cubanos continuarão comprando apenas uma porção limitada de açúcar, dentro das cadernetas de ração - cujo uso o governo cubano também quer eliminar gradualmente.

O jornal estatal Juventud Rebelde afirma que o açúcar deve "gradualmente" ser retirado do controle do Estado para ser vendido em lojas e supermercados, onde o preços são muito maiores. A publicação não diz em quanto tempo isto será implementado.

Segundo o jornal, a medida é especialmente necessária depois das reformas econômicas anunciadas por Castro em setembro do ano passado. Uma das medidas é a demissão de cerca de 1 milhão de servidores públicos, que serão encorajados a procurar emprego no setor privado.

Fonte:
DCI

0 comentário