Açúcar: Indicador recua mais de 7% em setembro

Publicado em 05/10/2011 10:48 238 exibições
Os valores do açúcar cristal recuaram com mais força no correr de setembro. Pesquisadores do Cepea indicam que compradores do mercado à vista, ao contrário do que poderia se esperar, mantêm a estratégia de negociar basicamente pequenos volumes, ainda que seus estoques supram o consumo de uma ou duas semanas apenas. Com essa postura, têm exercido pressão sobre usinas que, mesmo tendo relativamente pouco açúcar para negociar no spot, cedem sucessivamente. Essas quedas de preços, por sua vez, realimentam a estratégia de compradores de negociar parceladamente. Entre as usinas consultadas pelo Cepea, a maioria segue apenas cumprindo contratos, restando a poucas o abastecimento do mercado à vista. Mesmo assim, os preços têm recuado porque ainda há casos de usinas que precisam formar caixa e, por isso, vendem açúcar em pequeno volume, formando fila de espera para entrega do produto, ou mesmo vendem sob “condições bem especiais”, diferentes do padrão do mercado. Como o volume negociado no spot foi reduzido comparativamente ao via contrato nesta safra, negócios como esses têm sua representatividade acentuada na amostra do Indicador CEPEA/ESALQ, que caiu 7,3% em setembro. Nessa terça-feira, 4, o Indicador de Açúcar Cristal CEPEA/ESALQ fechou a R$ 62,69/saca.
Fonte:
Cepea

0 comentário