Trigo atinge máxima de 3 meses na UE após rali do cereal em Chicago

Publicado em 27/05/2019 18:15
344 exibições

LOGO REUTERS

PARIS (Reuters) - Os preços do trigo na Europa atingiram uma máxima de três meses nesta segunda-feira, na sequência de uma alta em Chicago na última sessão, em meio a preocupações de que o tempo úmido nos Estados Unidos possa danificar a qualidade da safra.

Os mercados de grãos nos EUA estão fechados nesta segunda-feira devido ao feriado de Memorial Day.

Segundo dados preliminares, o contrato setembro do trigo para moagem na bolsa Euronext fechou em alta de 4,25 euros, ou 2,3%, a 182,25 euros (203,90 dólares) por tonelada. O contrato chegou a tocar mais cedo a marca de 182,50 euros, maior nível desde 15 de fevereiro.

Esse grande salto, no entanto, ainda precisará ser confirmado após a abertura do mercado de grãos de Chicago na terça-feira, disseram operadores.

Na sexta-feira, o contrato mais ativo do trigo em Chicago avançou mais de 4%, por conta de coberturas de vendidos e compras técnicas ante um cenário de preocupação com os danos causados pelas chuvas na safra de inverno e com a estagnação no plantio de primavera, igualmente por conta do clima.

Há expectativas de chuva acima do normal na maior parte do cinturão agrícola do Meio-Oeste e das Planícies dos EUA nos próximos 15 dias, o que poderia atrasar mais o plantio de milho e soja e potencialmente danificar a qualidade da safra de trigo de inverno em desenvolvimento, segundo especialistas.

No mercado físico francês, a atividade ficou em suspenso, com compradores cautelosos após a forte alta e com vendedores segurando a oferta na esperança de preços ainda melhores.

Já na Alemanha os prêmios do mercado físico em Hamburgo caíram devido à demanda fraca, conforme compradores recusaram-se a aceitar a alta nos preços de Paris.

(Reportagem de Valerie Parent em Paris e Michael Hogan em Hamburgo)

Fonte: Reuters

Nenhum comentário