Soja: USDA diminui estoques da safra velha e aumenta importações dos EUA

Publicado em 09/05/2014 13:45 e atualizado em 09/05/2014 16:54 4295 exibições

Nesta sexta-feira (9), o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou novo boletim de oferta e demanda da safra 2013/14 de maio reduzindo os estoques finais de soja nos Estados Unidos. O órgão também trouxe os primeiros números referentes à safra 2014/15, do país e do mundo. 

Soja EUA – Os estoques finais de soja nos Estados Unidos reduziram de 3,67 milhões de toneladas para 3,54 milhões de toneladas. Em contrapartida, as impotações do país cresceram de 1,77 milhões de toneladas para 2,45 milhões de toneladas. Do mesmo modo, as exportações foram revisadas para cima e passaram de 43 milhões de toneladas para 43,54 milhões de toneladas. 

Os dados referentes ao esmagamento também apresentaram um aumento de 45,86 milhões de toneladas para 46,13 milhões de toneladas. Já os números de produção, produtividade, área plantada, área colhida e volume residual foram mantidos em 89,51 milhões de toneladas, 49,1 sacas por hectare, 30,96 milhões de hectares, 30,72 milhões de hectares e zero, respectivamente.

Soja Mundo – A produção global caiu de 284,05 milhões de toneladas para 283,79 milhões de toneladas. Os estoques mundiais também foram reduzidos de 69,42 milhões de toneladas para 66,98 milhões de toneladas.

A safra do Brasil foi mantida em 87,5 milhões de toneladas, assim como, a produção da Argentina em 54 milhões de toneladas. Para a China, o número de 12,2 milhões de toneladas veio em linha com o reportado em abril e as importações do país foram mantidas em 69 milhões de toneladas.

Safra EUA 2014/15 – Nesta safra, os EUA deverão produzir 98,93 milhões de toneladas de soja e os estoques deverão totalizar 8,98 milhões de toneladas. A produtividade das lavouras também deve ser maior e somar 51,25 scs/h. 

A área destinada ao cultivo do grão também será maior nesta safra, de 32,98 milhões de hectare e a área colhida será de 32,58 milhões de hectare. O esmagamento foi projetado em 46,67 milhões de toneladas, enquanto que as exportações foram estimadas em 44,23 milhões de toneladas. Nesta safra, as importações norte-americanas serão menores e deverão totalizar 408 mil toneladas. 

Safra Mundo 2014/15 – A safra brasileira deverá totalizar 91 milhões de toneladas e a Argentina 54 milhões de toneladas. A China deverá produzir 12 milhões de toneladas e as importações chinesas podem alcançar 72 milhões de toneladas. A safra mundial deverá totalizar 299, 82 milhões de toneladas e os estoques globais 82,23 milhões de toneladas. 

Milho EUA – Para o cereal o departamento norte-americano reportou um crescimento nas exportações do país, que passaram de 44,45 milhões de toneladas para 48,3 milhões de toneladas.  Na contramão desse cenário, os estoques norte-americanos reduziram de 33,82 milhões de toneladas para 29,1 milhões de toneladas. 

As projeções do milho para etanol aumentaram de 127,01 milhões de toneladas para 128,3 milhões de toneladas. A produtividade apresentou um leve aumento de 180,07 sacas por hectare para 180,45 sacas por hectare. Os números de produção, área plantada e área colhida foram mantidos em 353,71 milhões de toneladas, 38,6 milhões de hectares e 35,49 milhões hectares, respectivamente.

Milho Mundo – A produção do Brasil registrou um aumento de 72 milhões de toneladas para 75 milhões de toneladas. A estimativa da safra da Argentina foi mantida em 24 milhões de toneladas. Já a produção da China, apresentou pequeno crescimento de 217 milhões de toneladas para 217,7 milhões de toneladas.

A produção mundial foi estimada em 979,02 milhões de toneladas, contra 973,9 milhões de toneladas no mês de abril. E os estoques globais registraram um aumento expressivo de 158 milhões de toneladas para 168,42 milhões de toneladas.

Milho EUA 2014/15 – A produção norte-americana foi estimada em 353,9 milhões de toneladas e a produtividade foi projetada em 187,45 sacas por hectare. Já os estoques são estimados em 43,8 milhões de toneladas e o etanol em 128,3 milhões de toneladas.

As exportações foram projetadas em 43,2 milhões de toneladas, enquanto que a área plantada reduziu para 37,1 milhões de hectares e a área colhida em 34,1 milhões de hectares, em relação à safra 2013/14. 

Milho Mundo 2014/15 – A safra brasileira foi estimada em 74 milhões de toneladas e da Argentina em 26 milhões de toneladas. Na safra 2014/15, a China deverá produzir 220 milhões de toneladas. A produção global deverá ser próxima a da safra 2014/15 e totalizar 979,08 milhões de toneladas e os estoques poderão ser maiores do que a temporada passada, de 168,42 milhões de toneladas, para 181,73 milhões de toneladas. 

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Raijan Cezar Mascarello Sapezal - MT

    Engraçado o que o USDA anuncia!!!!

    Que os EUA terão a maior média, e a maior produção de soja da história, isso sem terminar o plantio!!

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    0