Para Bachião, vice-presidente da Cooxupé, indústrias ajudariam no preço do café se o pagamento fosse feito em prazo mais curto

Publicado em 11/07/2019 15:54 e atualizado em 11/07/2019 16:31
1342 exibições
Prazos atuais variam de 6 meses a 1 ano, deixando cafeicultores inseguros, principalmente com relação aos custos de produção
Osvaldo Bachião - Vice-Presidente da Cooxupé
Tags:
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário