Clima irregular ao longo da safra e intensificação das chuvas no período de colheita penalizam produção de soja em todo o PR

Publicado em 12/01/2018 14:02 e atualizado em 12/01/2018 15:03
2792 exibições
Cropview analisa condição da safra de soja em todas as regiões do estado do Paraná e verifica perdas ao longo do ciclo, principalmente, com chuvas na reta final da safra

LOGO nalogo

Nesta sexta-feira (12), Cristina Queiroz, da Rural Tecnologia, conversou com o Notícias Agrícolas para destacar as condições no estado do Paraná, onde a colheita da soja já tem início em algumas áreas, mas as chuvas trazem preocupação para os produtores neste período. São analisados, por meio do CropView, quatro municípios de diferentes regiões: Ponta Grossa, Cruz Machado, Cascavel e Maringá.

Em Ponta Grossa, com um plantio em 02 de outubro, considerando área de 100 hectares, ciclo de 120 dias e produtividade de 80 sacas por hectare, a produtividade era de 100% no início do plantio. Contudo, há uma probabilidade de 76% de produtividade ao final da colheita, influenciada, principalmente, pelo excedente hídrico. Para a ferrugem, no entanto, a probabilidade é de menos de 10% no estado atual, embora a mancha parda tenha probabilidade de 57% a 46%.

Considerando o plantio em 20 de setembro, com área de 100 hectares, ciclo de 120 dias e produtividade de 80 sacas por hectare, as chuvas começam beneficiando o início da lavoura, mas o déficit hídrico em dezembro traz uma penalização, que resulta em uma produtividade que pode ser de 82% ao final. Atualmente, o município não apresenta condições para a colheita, com volumes de chuva que devem ultrapassar os 20mm.

Cascavel, por sua vez, considerando um plantio em 02 de outubro e uma área de 100 hectares, com ciclo de 110 dias e produtividade de 80 sacas por hectare, recebeu excedentes hídricos ao final de dezembro que devem penalizar a lavoura, com uma produtividade final de 83%. O município, porém, não deve ter problemas de excesso de chuvas na colheita.

Por último, Maringá, com plantio em 01 de outubro, área de 100 hectares, ciclo de 110 dias e produtividade de 80 sacas por hectare, teve chuvas mais irregulares. A probabilidade, assim, é de uma produtividade de 79% na colheita.

Os internautas que quiserem conhecer a ferramenta CropView podem acessar o site www.cropview.com.br. Ao realizar o cadastro, são 30 dias grátis para experimentar a ferramenta e observar as melhores condições para a sua área de plantio.

Também é possível entrar em contato com a Rural Tecnologia por meio do telefone (11) 5505-4646.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário