Atuação de vórtice ciclônico e deslocamento rápido da massa de ar frio reduzem área de abrangência de geadas

Publicado em 24/05/2019 11:49 e atualizado em 24/05/2019 13:47
2527 exibições
Condições favoráveis às geadas no final de semana ficam restritas à região de Campanha no RS, Serra da Mantiqueira e parte do Sul de Minas
Morgana Almeida - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet

Podcast

Previsão do Tempo - Morgana Almeida - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet

Download

 

LOGO nalogo

Morgana Almeida, Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, conversou com o Notícias Agrícolas nesta sexta-feira (24) e confirmou que as temperaturas devem ser mais frias no país ao longo dos próximos dias.

Os quadros também mostram uma ampla camada de geada no Brasil, já que o outono está se encerrando e o inverno, iniciando. Contudo, a previsão de geada é uma questão mais delicada, já que é preciso confirmar com dados mais recentes.

As imagens de satélite de hoje mostram a influência de uma frente fria frontal. Na média troposfera, há um Vórtice Ciclônico responsável por formar nebulosidade no Centro-Sul do país, derrubando temperaturas no extremo sul do Rio Grande do Sul.

Nas outras áreas, a instabilidade diminuiu. Entretanto, com o avanço do sistema frontal, o tempo se altera em São Paulo, condição que deve se espalhar pelo Sudeste e também por Goiás. Amanhã, o frio deve predominar na parte da tarde.

As temperaturas devem cair na porção oeste do país. No final de semana, pode ter nevoeiro, com declínio de temperatura. No domingo, a chuva é mais restrita ao extremo norte, mas as áreas com nevoeiro podem acabar formando a geada.

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário