Sul do país terá novo período de veranico e altas temperaturas, mas a boa notícia é que dessa vez será mais curto

Publicado em 17/01/2020 12:40 e atualizado em 18/01/2020 17:22
7689 exibições
Chuvas chegam ao Oeste da Bahia no final de semana com bons volumes e bem distribuídas
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre o Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

As previsões indicam que o Rio Grande do Sul terá mais um período de estiagem nos próximos dias. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, na próxima semana as chuvas na próxima semana deverão ser mais expressivas no Centro-Oeste e Sudeste do país. 


De acordo com Francisco de Assis Diniz - chefe do Centro de Análise e Previsão do tempo do Inmet, o Rio Grande do Sul deve ter um veranico de pelo menos sete dias. Além da falta de chuva, produtores encontrarão as temperaturas elevadas em todas as regiões do estado. 

Já no norte de Minas Gerais e pontos do Nordeste, regiões que também tiveram um período sem chuvas, as previsões indicam que deve voltar a chover no norte de Minas já neste final de semana, com acumulados previstos entre 70 e 80 milímetros. 

Os mapas indicam que, apesar do atraso, também há previsão de chuvas para o oeste da Bahia. Segundo os mapas do NOAA os volumes expressivos são esperados na região até, pelo menps, dia 24 de janeiro. Na reta final do mês de janeiro, deve continuar chovendo, porém em volumes mais baixos. 

Veja o mapa de previsão estendida para todo o Brasil: 

Previsão NOAA
Fonte: Inmet

 

O final de semana será de chuvas expressivas para áreas de produção de café, a meteorologia indica que as chuvas acontecem porque um corredor de umidade em atuação do Amazonas avança e leva condições de chuvas para o Centro-Oeste e Sudeste do país.

O modelo Cosmo do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) indica que os volumes serão mais expressivos no Sudeste, e em Minas Gerais o mapa indica que na região leste do estado, podem ser registrados volumes entre 60 e 70 mm. No sul e no centro de Minas Gerais são esperados acumulados entre 30 e 50 milímetros. As chuvas também devem atingir o Rio de Janeiro e Espírito Santo, com precipitações previstas entre 50 e 70 milímetros. 

Ainda no Sudeste, também há previsão de chuvas para São Paulo devido áreas de instabilidade que estão atuando na região desde a quinta-feira (16). "A frente fria tecnicamente avança para o Rio de Janeiro nesta sexta-feira, mas as áreas de instabilidade permanecem sobre São Paulo e provocam mais chuva", destaca a Climatempo. 

Veja a previsão de precipitação para as próximas 93 horas em todo o Brasil: 

93 horas - Inmet
Fonte: Inmet 
 

 

 

Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário