DA REDAÇÃO: Em Chicago, soja continua movimento de alta e milho opera em baixa

Publicado em 14/03/2012 13:23 e atualizado em 14/03/2012 15:35 616 exibições
Soja: cotações continuam movimento de alta em Chicago, acompanhando as notícias da oferta baixa na América do Sul e demanda aquecida nos Estados Unidos. Expectativa entre investidores está na definição da safra americana, mas cenário deve sustentar preços.
Sutentados pela demanda firme, os contratos futuros da soja continuam operando com valorização na Bolsa de Chicago nesta quarta-feira, 14. Já o milho registra baixas diante da expectativa do aumento da área plantada nos Estados Unidos e consequente aumento dos estoques.

Para o grão, a estimativa é de que sejam plantados 38,04 milhões de hectares (94 milhões de hectares). Na safra 11/12, foram plantados 37,19 milhões de hectares (91,9 milhões de acres). Se as estimativas se confirmarem e o clima for favorável à produção, tudo indica que os preços do milho devam ficar pressionados à medida em que os estoques forem abastecidos, prevê analista da New Edge Corretora, Daniel D´ávila.

Os estoques atuais da soja estão um pouco mais confortáveis, porém tendem a ficar mais apertados diante das estimativas de plantio norte-americano. Daqui para frente, as condições climáticas e a demanda da China por grãos deve determinar a direção de ambos os mercados.

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário