MERCADO FORA DAS BOLSAS: Custo de produção do frango melhora em 4 de 5 estados pesquisados pela Embrapa

Publicado em 22/03/2012 13:06 e atualizado em 22/03/2012 13:42 561 exibições
Custo de produção do frango melhora em 4 de 5 estados pesquisados pela Embrapa Suíno e Aves. Tem início a safra de inverno do tomate e a expectativa é de uma produção 5% maior que a passada.
Apesar do retorno das chuvas para o Estado do Rio Grande do Sul no mês de março, os efeitos da estiagem do verão ainda se verificam no mercado do leite. O aumento de custos de produção e a redução na quantidade de matéria-prima, causados principalmente pela quebra na qualidade das pastagens, silagem e ração para o gado, tem pressionado o preço do leite para cima.

Muitos produtores continuam complementando a alimentação dos animais com ração, feno e silagem, o que provoca um aumento no custo de produção do leite.

A queda na produção, de acordo com dados da Emater-RS, pressionou os preços para cima na região de Santa Maria, o preço médio na semana passada era de R$ 0,75/litro. No estado, os números finais ainda não estão fechados mas tudo indica que o produtor deve receber , em média R$0,70 , valor acima dos R$0,62 de março do ano passado. 12,9% de alta

TOMATE: Produtores do Sul de Minas, do Triângulo Mineiro e  do Norte do Paraná iniciaram, agora em março, a colheita da primeira parte da safra de inverno 2012. Em março, as três regiões devem colher, juntas, cerca de 2,4 milhões de pés. As regiões de Mogi Guaçu (SP), Sumaré (SP) e Paty do Alferes (RJ) também fazem parte da primeira parte da temporada, mas devem iniciar a colheita apenas a partir de abril meses. As expectativas são de que a safra deste ano seja cerca de 5% maior que a de 2011, totalizando 53 milhões de pés. Essa  maior oferta em 2012, pode pressionar as cotações do tomate , segundo o cepea. O pico da colheita da primeira parte da temporada de inverno está previsto para ocorrer entre maio e junho, quando cerca de 10 milhões de pés devem ser colhidos em cada mês. As atividades de campo devem seguir até outubro.

A safra de verão já teve problemas. Uma forte onda de calor e o tempo seco fizeram com que a maturação do tomate fosse acelerada, aumentando expressivamente a quantidade do fruto ofertada no mercado. Assim, em fevereiro, os preços do tomate salada 2A registraram as cotações mais
baixas na safra de verão. No mês, a caixa de 20 kg teve média de R$ 13,73  nas principais regiões que colheram no período, 19% inferior ao custo médio de produção estimado por produtores na temporada, de R$ 17,00/cx.

FRANGO : Em cinco estados até agora levantados, PELA Embrapa Suínos e Aves, quatro tiveram redução no custo de produção do frango – são números relativos ao mês de fevereiro.O levantamento foi feito em Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo,  e a única exceção entre os cinco foi registrada no Mato Grosso do Sul, onde o custo neste ano aumentou quase 6,5%.  MS subiu de 1,67 para 1,78, em MG baixou de 1,90 para 1,83 – queda de 3,6%, PR de 1,86 para 1,80 – queda de 3,2%

ARROZ: Um conjunto de informações positivas para o mercado nos últimos dias é responsável pela reação dos preços do arroz esta semana. O mercado reagiu com alta ao anúnciode R$ 737 milhões para dar suporte à comercialização , QUE DEVEM RETIRAR do mercado pelo menos 2,02 milhões de toneladas de arroz agora, no pico da safra. Além disso, os bancos estão oferecendo recursos para EGFs e o governo anuncia que manterá a política de compra direta dos pequenos agricultores, em valores próximos de 30,00 a saca. Outra notícia boa,  o estabelecimento de cotas de importação de arroz da Argentina (o próximo é o Uruguai). Também é boa notícia a de que está sendo realizado um estudo para credenciar o produtor, pessoa física, para a armazenagem de produto referente aos mecanismos de comercialização. Lá em Rio Grande a saca de 50 kg do arroz em casca está sendo negociada a R$ 26,50 , alta de quase 2% em relação aos negócios anteriores.

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário