MERCADO FORA DAS BOLSAS: Cotação do leite sobe 2% e média Brasil fica em R$0,811/litro, segundo Scot Consultoria

Publicado em 27/03/2012 12:49 e atualizado em 27/03/2012 14:25 572 exibições
Cotação do leite sobe 2% e média Brasil fica em R$0,811/litro, segundo Scot Consultoria. Cotações do arroz reagem e registram ganhos de 1% na última semana, aponta Cepea.
LEITE: A Scot consultoria divulga nesta terça-feira (27) o informativo mensal sobre o mercado do leite.  Mas algumas informações foram adiantadas para o Notícias Agrícolas, como a média Brasil , por exemplo, que ficou em R$0,811 por litro, alta de 2% em relação à média passada (0,795). De forma regional, os preços tiveram altas que variaram 0,4% até 8% no pagamento de março, referente a produção entregue em fevereiro. Essa alta é reflexo de uma redução no volume de leite captado, situação que é normal para época , porém este ano, registrou maior intensidade em função de problemas nas pastagens. A estiagem acabou antecipando esse declínio na produção  nos meses que antecedem o período de entressafra.

ARROZ: Após quatro semanas de expressivas quedas, nos últimos sete dias o Indicador do Arroz em Casca do Cepea registrou aumento de 1,02%. Mas isso foi na última semana. Na parcial de março, o Indicador ainda acumula significativa queda, de 2, 5% nos preços. Nos últimos dias, segundo pesquisadores do Cepea, a comercialização de arroz em casca esteve ainda mais lenta que na primeira quinzena de março. Granizos em algumas regiões do estado gaúcho prejudicaram não só o ritmo de colheita como os volumes esperados para algumas localidades. Somente os produtores  com necessidade de “fazer caixa” venderam arroz em casca na semana passada. No início da semana passada, o indicador apontava para preço médio de  R$ 25, 58. Já nesta semana subiu para R$ 25,84 a saca de 50kg do arroz tipo 1.

FRANGO: Segundo estimativa da consultoria SAFRAS & Mercado, o Brasil deve produzir 13,6 milhões de toneladas de carne de frango em 2012, volume que, se confirmado, supera em mais de 6% o total registrado em 2011. Só no primeiro bimestre , foram produzidas 2,208 milhões de toneladas de carne de frango, volume 8,3% que nos dois primeiros meses do ano passado", o volume superou as expectativas do mercado, o que ajuda a explicar os momentos de dificuldade que o produtor viveu em termos de rentabilidade. E pra complicar, o desempenho das exportações, ficou abaixo da expectativa , sobretudo no mês de fevereiro, o que favoreceu esse aumento na pressão interna. Os embarques cresceram menos de 3%. (608,52 mil toneladas em 2012 contra  591,75 mil em 2011)

CENOURA: Agora em março, as praças do Rio Grande do Sul encerraram a colheita da safra de inverno 2011/12. E a boa notícia é que , mesmo pequena , a rentabilidade desta temporada esteve acima dos custos. Segundo o Cepea,  Isso aconteceu porque o clima variou bastante durante a temporada: foi desfavorável no início da safra, reduzindo a produtividade, mas elevou o rendimento no final. Com isso, o preço da raiz na  temporada, que foi de julho/11 a fevereiro/ 12, teve média de R$ 13,30/cx de 29 kg, valor 48% maior que o registrado na safra de inverno anterior. A safra de verão já está sendo colhida , deve seguir até junho. A oferta nacional para os próximos dois meses, contudo, deve ser baixa, o que deve manter os preços elevados.

Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário