DA REDAÇÃO: Soja em Mato Grosso do Sul tem valorização de 25% de março a abril deste ano

Publicado em 02/05/2012 14:21 e atualizado em 02/05/2012 17:07 541 exibições
Soja: cotações continuam movimento de realização de lucros em Chicago, apesar de fundamentos serem muito positivos para os preços. No Brasil, alta do dólar, demanda e cenário internacional já elevaram em 25% os preços da saca de 60 kg.
A elevação das cotações no mercado futuro e a valorização do dólar fizeram com que soja ganhasse, no Mato Grosso do Sul, um patamar de preços 25% mais altos de março a abril deste ano. “Nós temos visto nos últimos meses uma valorização contínua na commodity soja”, diz Lucas Galvan, assessor técnico da Famasul.

De acordo com Galvan, o salto foi de aproximadamente R$47 para os R$55 atuais. Assim, os rendimentos obtidos, tendo em vista os custos de produção, são positivos, embora nem todos os produtores tenham conseguido aproveitar os picos nas cotações. Na comparação com a safra anterior, os custos de produção se mantiveram entre R$1.200 e R$1.250 por hectare.

Em relação ao ano passado, a soja registrou valorização de mais de 30% - em abril de 2011, a saca em Mato Grosso do Sul girava em torno de R$42. Atualmente, a safra já negociada é de aproximadamente 80%, 15 pontos percentuais a mais que 2011. A maioria dos produtores do estado vendeu seu produto a R$49.

Por:
Mariane de Luca e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário