DA REDAÇÃO: Pecuaristas e orizicultores do Sul são os maiores penalizados com Código Florestal sancionado

Publicado em 31/05/2012 14:52 e atualizado em 31/05/2012 16:49 428 exibições
Código Florestal: FPA apresentará nesta sexta-feira 50 emendas para complementar nova legislação. Bancada está muito preocupada com a situação dos médios produtores, em especial, os orizicultores do sul do Brasil.
Alguns setores do agronegócio poderão sentir mais os problemas trazidos pelo Código Florestal sancionado com 12 vetos e alterações da MP (medida provisória) que fazem parte da decisão de Dilma Rousseff sobre o assunto. No Sul do país, produtores de arroz e pecuaristas foram o os maiores penalizados, “o que eu acho uma grande injustiça”, afirma o deputado federal Jerônimo Goergen (PP/RS).

O texto aprovado pela Câmara dos Deputados excluía a área de várzea da definição de APP (Área de Preservação Permanente), garantindo a continuidade dessa atividade. No entanto, a decisão de Dilma trouxe veto ao parágrafo que tratava desse assunto, prejudicando muitos produtores.

O deputado conta que a FPA (Frente Parlamentar Agropecuária) tentará reverter esse quadro, encaminhando a consolidação da cultura em meio as 50 emendas que estão sendo elaboradas. Se a emenda não for aceita, o deputado defende que o governo, ao menos, indenize o agricultor por essas perdas.
Por:
Kellen Severo e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário