MERCADO FORA DAS BOLSAS: Confira a análise sobre os principais produtos fora da bolsa com Aleksander Horta - Jornalista

Publicado em 02/08/2012 13:02 e atualizado em 02/08/2012 18:04 238 exibições
Preços do suíno vivo , pagos ao produtor têm reajustes importantes em São Paulo mas custo de produção não para de subir. O índice medido pela Embrapa acumula alta de 6,36% no ano.

LEITE: A safra de inverno no Sul do País ganhou força em junho com o clima favorável à produção de forrageiras. No Rio Grande do Sul, o Índice de Captação de elaborado pelo Cepea, registrou aumento de 11% frente ao mês de maio. Em toda a região Sul, o acréscimo foi de 7,4% no período. A expectativa, segundo agentes do setor consultados pelo Cepea, é de que a captação continue aumentando até agosto, quando deve ocorrer o pico de produção. O aumento médio da captação em todos os 7 estados consultados pelo cepea , foi de 4%.

Além desse aumento da oferta, a maior pressão das indústrias/cooperativas que tiveram queda da margem de lucro também ajudou para nova baixa dos preços do leite recebidos pelo produtor em julho (referente à produção entregue no mês anterior). A média ponderada dos sete estados recuou, 0,9%, a  R$ 0,8478/litro, valor bruto
 

FEIJÃO: Os empacotadores estão aproveitando o momento, que segundo a correpar pode ser o melhor momento de compra nesse  segundo semestre. Tudo que é colhido, já tem venda certa nas lavouras.Em Unaí e em torno de Brasília o produtor está recebendo R$ 130/135. No Sul de Minas e interior de São Paulo tem havido ofertas entre R$ 110/120 por feijão 7,5/8. Com os preços relativamente baixos as sementes para o plantio da próxima safra estão encalhadas. E já dá pra dizer que teremos a menor área plantada de todos os tempos na safra das águas 2012/2013. A série histórica de acompanhamento de área plantada aponta que desde 1970, época que começou a ser controlada, nunca houve tanto desinteresse em plantar feijão. Até a área de feijão preto no Paraná, principal região produtora do Brasil, corre o risco de ser insignificante, inclusive os pequenos produtores vão plantar soja. Por isso a Correpar está alertando, quem plantar feijão pode ter uma surpresa positiva sobre os preços que estarão sendo praticados.

SUÍNOS: O Índice do Custo de Produção de Suínos calculado pela Embrapa Suínos e Aves aumentou 1,08% em junho. No ano, o índice acumula alta de 6,36%. Mais uma vez, o aumento foi provocado pela elevação dos preços do milho e do farelo de soja. Em 2012, os custos, somente com a nutrição dos animais, acumulam alta de 12%. A nutrição representa quase 78% dos custos de produção de suínos. E para o custo de julho as projeções não são nada animadoras porque a alta dos dois principais insumos na fabricação de rações , deve continuar. Mais do que nunca, vai ter necessidade de ajuste da oferta de suínos para garantir um preço de equilíbrio para o setor.

 

Fonte:
Noticias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário