ENTREVISTA: Confira a entrevista com Rui Prado - Presidente FAMATO

Publicado em 20/02/2013 19:17
507 exibições
Caso Monsanto: Famato apóia decisão da CNA de rejeitar acordo com a Monsanto após a empresa não atender os termos da Declaração de Princípios que tratam exclusivamente dos royalties referentes ao uso da semente de soja RR1.

1 comentário

  • Valdir Edemar Fries Itambé - PR

    Parabéns pelo sucesso do trabalho dos dirigentes da FAMATO e da APROSOJA, ao tempo em que agradecemos pelo apoio a nos produtores do Noroeste do Paraná quanto as instrução e documentos nos repassados ainda no inicio de fevereiro, em subsidio a nossos advogados que estão cuidando da AÇÃO COLETIVA que estamos providenciando.
    Assim que ficamos sabendo do "ACORDO" da CNA e das demais Federações com a MONSANTO, buscamos maiores informações no site da nossa FEDERAÇÃO PARANAENSE, e lá encontramos a noticia postada no dia 24 de janeiro de 2013 da qual baixamos a copia do tal "acordo" recomendado pela FAEP. "ACORDO" que buscamos LER e ANALISAR, motivo que nos levou escrever e publicar aqui no NOTICIAS AGRÍCOLAS o artigo - http://www.noticiasagricolas.com.br/artigos/artigos-geral/116923-royalties-da-monsanto-analise-do-acordo-de-licenciamento-de-tecnologia-e-quitacao-geral.html, iste reclame do absurdo que a FAEP recomendava nos levou a escrever a respeito ainda em 3 de fevereiro.
    Agora muito nos admira a FAEP, seguida da CNA e demais federações vim a publico justificar sua irresponsabilidade de disponibilizar na sua própria pagina online o tal "acordo" através do link que da acesso ao documento na integra com todos os seus itens lá redigidos e expostos desde 24/01, e somente agora a mais de 20 dias o Sr presidente da FAEP tenta culpar a MONSANTO, difícil engolir as justificativas dele, ato ainda mais covarde do que ter aceito e publicado o acordo sem ao menos ter lido o que consta em tal acordo disponibilizado e recomendado a mais de 20 dias.
    Mais uma vez manifestamos nossos sinceros agradecimentos as lideranças do MATO GROSSO, que estão a frente das organizações em defesa do AGRONEGÓCIO Brasileiro, dando exemplo para as demais lideranças do Brasil que tem medo do embate e se rebaixam a assinar certos "ACORDOS" em total desacordo com os interesse dos produtores. sucesso Rui Prado e a você amigo João Batista pelo brilhante trabalho, tanto através do CANAL RURAL, como também deste reconhecido espaço do FALA PRODUTOR.
    Para os tais lideres das demais organizações que se unem às recomendações da FAMATO e da APROSOJA, desejamos bom trabalho, até porque a "confusão" que geraram não foi pouca.

    0