ENTREVISTA: Confira a entrevista com Dep. Carlos Melles e Arnaldo Bottrel - DEM-MG / Pres. Sind. Rural de Varginha

Publicado em 29/03/2013 12:36 e atualizado em 01/04/2013 11:57
432 exibições
CMN não aprova aumento do preço mínimo do café e frustra produtores. Representantes do setor afirma que prorrogação das dívidas é insuficiente para sanar os problemas da cadeia produtiva. Em alguns casos, portanto, custos de produção ainda são mais altos do que os preços de venda.

1 comentário

  • miguel moura abdalla piraju - SP

    LIDERANÇAS E ADMINISTRADORES GOVERNAMENTAIS NÃO TEM A CAPACIDADE DE ELABORAR UMA POLÍTICA DE PREÇO PARA O CAFÉ, QUE AINDA É 0 PRODUTO AGRÍCOLA MAIS IMPORTANTE DO PAÍS E DO MUNDO.
    FAZ SE UMA REUNIÃO E TOMA UMA DECISÃO ABSURDA
    PRORROGA SE O PRAZO DE PAGAMENTO DE FINANCIAMENTOS,ESTIMULANDO AINDA MAIS OS GRANDES A PLANTAR MAIS,( ELES TEM MAQUINAS E DÃO POUCO EMPREGO ), NA ESPERANÇA DE ALGUM DIA PARECER UM MINISTRO E LIDERANÇAS GOVERNAMENTAIS QUE PODEM LAVRAR UMA POLÍTICA DE PREÇO PARA O CAFÉ.
    UM GOVERNO QUE TEM COMO INICIATIVA DE AMENIZAR A DOR DA POBREZA NÃO ENTENDE QUE A OFERTA DE EMPREGO PARA O POBRE,APOSENTADOS QUE O DINHEIRO NÃO DÁ PARA SE SUSTENTAR COM A APOSENTADORIA, ESPOSAS QUE POEM TER UM DINHEIRINHO PARA DAR UM PRESENTE AOS NETOS E PARA OS DESEMPREGADOS DO RAMO COMERCIAL E INDUSTRIAL QUE NEM SEMPRE ESTÃO ESTABILIZADO NO SEU EMPREGO, SENDO GERADO MAIS DE SETE MILHÕES DOS OITO MILHÕES DE EMPREGO QUE A CAFEICULTURA PROPORCIONA.
    PT E DILMA SOCORRE OS POBRES E POBRES CAFEICULTORES, ESSES NEM SE QUER CONSEGUE CHEGAR A FINANCIAMENTOS.
    SE ASSIM FOSSE!
    DILMA DIVULGA -GOVERNO COMPRA CAFÉ DOS PEQUENOS PRODUTORES DE ATÉ 15 HA NA COTA DE 450 SACAS POR $400,00 E NÃO PRORROGA DIVIDAS, POIS QUEM GASTA TEM QUE PAGAR.
    BRASILEIROS E BRASILEIRAS ENTENDEM , QUEM SUSTENTA A TAXA DE DESEMPREGO É A CAFEICULTURA.
    CAFEICULTURA NO BRASIL E EM PAÍSES POBRES É NECESSÁRIA PARA DIMINUIR A DOR DO POBRE.

    0