DA REDAÇÃO: Safra 2013/14 – Área cultivada com soja já atinge 10% em Goioerê (PR)

Publicado em 02/10/2013 16:54 e atualizado em 02/10/2013 17:46
517 exibições
Safra 2013/14: Área plantada com soja já atinge 10% em Goioerê (PR). Mas com as chuvas, produtores tiveram que paralisar os trabalhos no campo, que devem ser retomados no final de semana. A estimativa é que sejam colhidas 60 sacas de soja por hectare e preços giram em torno de R$ 63,50 a saca no mercado disponível.

Na região de Goioerê (PR), a área cultivada com soja já atinge 10% até o momento. O plantio do grão teve início na última semana, mas foi interrompido pelas chuvas que chegaram à região. A expectativa é que os trabalhos no campo sejam retomados no próximo final de semana.

Por enquanto, as precipitações não são uma preocupação dos produtores, uma vez que não deve prejudicar as lavouras recém-semeadas. Caso as chuvas caiam em uma intensidade maior ou até mesmo venham acompanhadas de granizo, pode acarretar problemas e atrapalhar a continuidade da semeadura do grão.

Nesta safra, a estimativa é que sejam colhidas até 150 sacas de soja por alqueire, equivalentes a 60 sacas por hectare. De acordo com o presidente da Aprosoja Paraná, Zezé Sismeiro, o produtor rural da região está otimista e investem em tecnologia, adubação e em insumos, herbicida e fungicida. 

Além disso, os preços também estão mais altos na região. No mercado disponível, a saca da soja é negociada a R$ 63,50 e perspectiva dos produtores ainda é de bons preços para a safra. “Aqui no PR temos um custo de produção acima do MT e no ano passado as cotações chegaram a R$ 50,00, mas depois alcançaram o patamar de R$ 74,00 a saca”, afirma o presidente.

Até o momento, cerca de 8% da produção de soja da safra velha ainda precisa ser negociada na região. E o produtor rural da região ainda acredita em cotações mais valorizadas na soja, já que a safra norte-americana nãos era cheia e os estoques de passagem não são tão altos, conforme sinaliza Sismeiro. 

“A expectativa é que os preços descolem do Chicago. E também os agricultores também realizaram negócios a futuro, com preço médio entre R$ 51,00 a R$ 57,00 a saca. E acreditamos que o grande desafio do produtor para esta safra ainda será o tempo”, finaliza Sismeiro.

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário